Mundo DSE
Como economizar na ceia de Natal

Como economizar na Ceia de Natal

Fazer uma Ceia de Natal pode representar um gasto significativo no orçamento. Por isso, saiba como economizar na Ceia sem perder a magia da celebração.

A Ceia é um dos momentos mais esperados da noite de Natal – e também um dos maiores gastos da celebração. Para não transformar essa reunião especial em um pesadelo para os próximos meses, saiba como economizar na Ceia de Natal com algumas dicas práticas.

Faça uma pesquisa de preços

O primeiro passo para economizar na Ceia de Natal é realizar uma boa pesquisa de preços pelos seus mercados preferidos. Entretanto, ao invés de gastar tempo e dinheiro visitando um por um, a dica é verificar os preços previamente em plataformas de catálogo online.

Essa pesquisa deve comparar também os mercados de atacado e varejo, já que no comércio atacadista os preços conseguem chegar a 50% do valor aplicado na rede varejista. Isso acontece porque o atacado oferece produtos direto de fábrica, em grandes quantidades, garantindo uma vantagem considerável para o consumidor. Basta visualizar as super ofertas do Atacadão para encontrar produtos com um bom desconto aplicado, como por exemplo, os tradicionais biscoitos de Natal e uma seleção fantástica de temperos para uma ceia inesquecível.

Outro bom motivo para dedicar um tempo à pesquisa em busca de preços com desconto está no histórico do comércio. No ano passado, na região de São Paulo, a diferença de preços nos produtos de Natal chegou a 150% em diferentes mercados. A pesquisa elaborada pelo Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP) e divulgada pelo G1 identificou que as maiores diferenças foram a Cidra e o Panetone. Quem pesquisou, certamente conseguiu economizar.

Faça substituições nos pratos

No final do ano de 2019 o brasileiro teve uma infeliz surpresa ao ver o preço da carne aumentar consideravelmente em poucos dias. Se muita gente já substituía a carne vermelha pela branco, nesse Natal esta vai ser a realidade da maioria das pessoas.

Além da carne, uma forma de economizar na Ceia de Natal é trocar produtos caros e importados por versões nacionais e mais baratas. Uma bom exemplo está nas frutas especiais, como a cereja, que pode ser substituída por frutas produzidas no Brasil, da estação. Tudo o que o consumidor precisa é um pouco de criatividade para elaborar uma janta diferente.

Outra dica é comprar itens à granel. As nozes, frutas cristalizadas e castanhas costumam ter um valor elevado nos supermercados, afinal, acrescenta-se ao preço o valor da embalagem, transporte, etc. Entretanto, esses produtos podem ser comprados em casas de especiarias por um preço bem mais acessível. Ou seja, em alguns casos a substituição não está no alimento em si, mas no local de compra.

Divisão de gastos

Se a sua casa foi a escolhida entre amigos e família como o local da Ceia de Natal, nada mais justo do que dividir as contas com todos. Essa divisão pode ser tanto com a colaboração de cada pessoa com um valor em dinheiro quanto com a confraternização de pratos, quando cada família leva um alimento para a mesa. Vale apresentar as duas possibilidades para que os convidados votem e escolham aquela que é mais interessante.

A verdade é que dessa forma a Ceia de Natal fica acessível para todos. E já que poupar dinheiro é indolor (e todos querem economizar), basta explicar que pagar por todos os itens da janta fica inviável para você e propor uma espécie de Ceia colaborativa.

Não deixe para comprar no último momento

Você sabia que, normalmente, o meio da semana pode ser ideal para comprar no supermercado? Entretanto, com a noite de Natal programada para acontecer em uma terça-feira, a solução é antecipar as compras e não deixar à visita ao supermercado para a última hora.

Por mais que seja difícil encontrar tempo para fazer as compras dos alimentos com uma certa antecedência, quanto mais próximo do Natal, mais alto são os preços e menos variedade o consumidor acha nas prateleiras.

Se não tiver como encaixar uma ida ao mercado dias antes do Natal, considere comprar online. Muitos mercados já contam com serviço de compras online, permitindo ainda a inserção de um cupom de desconto no saldo final, ou seja, mais uma forma para economizar na Ceia de Natal. Mas fique atento para o preço do frete, para conferir se a praticidade não prejudica o orçamento.

Assim, podemos resumir as dicas para economizar na Ceia de Natal em quatro passos:

  1. Pesquisa de preços em plataformas de catálogos online
  2. Substituição de alimentos caros por alimentos baratos
  3. Propor uma divisão de gastos com os convidados
  4. Fazer as compras no supermercado com uma certa antecedência

Por mais simples que pareçam, com essas dicas é possível que você tenha mais dinheiro para começar o ano novo, sem prejudicar a qualidade na Ceia de Natal. E tem coisa melhor do que entrar no ano sem preocupações financeiras?

Veja algumas coisas curiosas a respeito do Natal:

Infográfico Natal

Infográfico feito por: Kimbino.com.br

Editor

Olá! Sou o faz tudo do site (quase tudo). Apaixonados por internet, adepto das novas tecnologias e webmaster. Aproveite o conteúdo, pois todos os dias estamos postando algo novo. :)

Adicionar comentário