Mundo DSE
BENEFÍCIOS GINKGO BILOBA

OS BENEFÍCIOS OFERECIDOS PELO GINKGO BILOBA

Trata-se de uma planta utilizada principalmente no continente asiático. A partir de suas folhas, são extraídas diversos princípios ativos que contribuem positivamente para a saúde humana.

Dentre os benefícios oferecidos pelo Ginkgo Biloba, pode-se destacar:

1 – Diminuição da formação de trombos: os trombos são caracterizados como um acúmulo de sangue dentro dos vasos sanguíneos.

No entanto, é importante ressaltar que a coagulação é indispensável para o bom funcionamento do organismo, sendo prejudicial apenas quando ocorre de maneira muito intensa. Assim, podem ser geradas algumas doenças como Acidente Vascular Cerebral, Trombose e Ataque Cardíaco.

A partir da ingestão do Ginkgo Biloba a agregação das plaquetas é evitada, não propiciando a formação de trombos.

2 – Prevenção e ajuda no tratamento de doenças nos olhos: essa planta fornece proteção aos olhos devido a sua ação antioxidante. Os radicais livres são combatidos durante a ingestão contínua dessa substância, auxiliando no tratamento de doenças oftalmológicas.

Assim, a degeneração dos tecidos que fazem parte do globo ocular são diminuídas.

3 – Melhor circulação sanguínea

O Ginkgo Biloba auxilia na melhora da circulação sanguínea. Sua ação vasodilatadora permite uma melhor distribuição de oxigênio e nutrientes, irrigando os tecidos de forma adequada.

Além disso, essa substância contribui para para tornar o sangue menos viscoso, facilitando seu transporte.

4 – Melhor raciocínio lógico e circulação sanguínea no cérebro

Estudos comprovados cientificamente demonstram que o Ginkgo Biloba auxilia no tratamento de doenças relacionadas ao cérebro, como por exemplo, labirintite, enxaqueca e tontura. Isso se deve ao fato de os princípios ativos presentes nesse produto serem extremamente eficazes, melhorando a circulação sanguínea na região cerebral.

Outros estudos apontam a eficácia do produto no tratamento de doenças relacionadas a memória, aumentando a capacidade de retenção de informações do indivíduo.

5 – Auxilia no controle da pressão arterial

O Ginkgo Biloba auxilia no controle da pressão arterial pois contribui para uma maior síntese de Óxido Nítrico, considerado um ótimo vasodilatador para indivíduos que possuem pressão arterial.

6 – Combate de depressão e ansiedade

O Ginkgo Biloba melhora a síntese de hormônios relacionados ao prazer, aumentando a sensação de felicidade no indivíduo.

Os níveis de cortisol e de adrenalina também são regulados, proporcionando diminuição de alguns transtornos, como: fobias, síndrome do pânico, depressão e ansiedade.

7 – Os sintomas da TPM são reduzidos após sua ingestão

Os sintomas mais comuns da TPM, são: irritabilidade e sensibilidade excessiva, cólicas, desconforto muscular e sensibilidade nas glândulas mamárias.

Após a suplementação com o Ginkgo, a mulher consegue perceber a diminuição desses sintomas.

8 – Atua no combate a câimbras e desconfortos musculares

Devido ao fato de aumentar o fluxo sanguíneo, o Ginkgo Biloba pode ser uma ótima alternativa no combate a câimbras e desconfortos musculares.

Tal fato ocorre pela maior irrigação nos tecidos, recebendo uma maior quantidade de oxigênio.

Normalmente, o consumo diário desse suplemento deve ser de aproximadamente 80 a 240 mg por dia. 

No mercado, o Ginkgo Biloba está disponível na forma de cápsulas ou pó, podendo ser comprados por farmácias que produzem manipulados.

Em sua composição pode-se encontrar terpenóides e flavonóides glicosilados.

No entanto, há algumas restrições quanto ao uso dessa planta.

Indivíduos que possuem coagulopatias devem evitar ao máximo a ingestão do Ginkgo Biloba.

Outros efeitos colaterais recorrentes são: náuseas, vômitos, dores de cabeça, pressão baixa e tonturas.

Ou seja, é indispensável receber orientações médicas para usufruir desse suplemento de maneira positiva.

Também não é recomendado para mulheres que amamentam, podendo ocasionar um sabor estranho no leite, podendo fazer a criança rejeitar o leite materno.

Pode ser ingerido na forma de chá ou em cápsulas, sendo a última opção detentora de uma maior concentração do extrato.

Seus altos níveis de flavonóides diminuem o risco do surgimento de algumas doenças, como por exemplo, o diabetes.

Há uma outra substância em sua composição chamada terpenóides, que possui propriedades antidepressivas, antiinflamatórias e anticancerígenas.

Foto em destaque: Pixabay

Editor

Olá! Sou o faz tudo do site (quase tudo). Apaixonados por internet, adepto das novas tecnologias e webmaster. Aproveite o conteúdo, pois todos os dias estamos postando algo novo. :)

Adicionar comentário