Mundo DSE
Dicas para você fazer um bom site sem gastar muito dinheiro

5 dicas para você fazer um bom site sem gastar muito dinheiro

Você pensa em ter seu negócio na web? Bem, primeiro de tudo, você precisa pensar em como deseja mostrar a sua empresa para a rede, e isso engloba várias questões, e a principal delas é a criação do seu site!

Mesmo que você tenha um empreendimento bem sucedido fora da internet, caso esteja disposto a aderir ao mercado digital, você vai precisar de um site. Este artigo apresentará algumas dicas bem importantes de como você fará a parte virtual de sua empresa.

Dica 1 – Tipos de Site

Existem, atualmente, vários tipos de páginas na web, para vários tipos de negócios, e o primeiro passo para criar o seu empreendimento online é saber qual site melhor se adapta com o que você deseja trabalhar. Os principais tipos são: 

  • Site institucional – Para empresas que já estão consolidadas. Funciona mais como um cartão de visitas para seus clientes. 
  • Site Dinâmico – São aqueles que mesclaram vários tipos de páginas, onde você pode ter a principal como um cartão de visitas, um blog e também uma lojinha virtual.
  • Loja Virtual (e-commerce) – São aqueles sites voltados mais para a venda de produtos. Geralmente na primeira página, o cliente já pode vislumbrar alguns itens do seu negócio.
  • Portais – São mais complexos ainda que os dinâmicos, como por exemplo o G1, onde mesclam-se seções de meteorologia, notícias, moda, entretenimento em geral. São usados quando há um grande fluxo de informações em seu negócio.

Dica 2 – Criar o Site

Criação de site

Agora você já achou o tipo de site perfeito para o seu negócio, então é hora de botar a mão na massa e criá-lo!

Obviamente, você pode contratar um webdesigner para criar o seu endereço na web totalmente customizado, o que demandaria um caminhão de dinheiro, e neste post é justamente o preço excessivo que queremos evitar.

Sites e plataformas como WordPress e WIX são ótimos para a criação do seu negócio, principalmente por conter templates que são basicamente estruturas pré definidas.

Mesmo que tais plataformas tenham certa intuitividade, muita gente não consegue ter um bom desempenho para criar sites mais específicos, como por exemplo um e-commerce, pois é necessário ainda uma pessoa especializada para realizar o trabalho. É aí que entram empresas como a Santa Agência, que podem entregar para você um site do jeito que você quiser. 

Dica 3 – Hospedagem

Hoje há uma gama enorme de hospedagens para você escolher, e como sempre acontece no mercado, algumas são melhores que outras, assim como algumas são mais caras que outras.

Recomendo que você pesquise muito sobre o assunto, pois dependendo do tipo do seu site, pode ser que ele demande uma hospedagem mais potente, ou não.

E aí está o pulo do gato! Como as possibilidades são diversas, não escolha as primeiras que surgirem. Tenha paciência e analise as métricas que cada uma pode proporcionar ao seu site. Lembrando que se você escolheu anteriormente contratar uma agência, a própria contratada vai resolver da melhor forma esta questão para você.

Dica 4 – Blog – Postagem

Você pode pensar que agora que já achou o tipo ideal de site para seu negócio, e já o criou, está pronto para atacar o mercado digital, mas, lamento dizer, está muito enganado. Para seu site obter um bom desempenho no seu negócio, é fortemente recomendado que tenha um blog atrelado a ele (lembra do site dinâmico?), pois com tal ferramenta, você poderá postar notícias pertinentes ao nicho no qual você trabalha, e seus clientes e visitantes poderão criar um vínculo com seu negócio, seja para esclarecer dúvidas ou apenas conhecer um pouco mais sobre seus produtos/negócios.

Mais uma vez, empresas como a Santa Agência podem facilitar muito na criação deste blog, e para alimentá-lo com textos informativos e com técnicas de SEO aplicadas, você pode contar com a plataforma Meu Redator, que possui pessoas especializadas em criar artigos e blogposts, caso você não tenha tempo ou conhecimento para criar você mesmo.

Dica 5 – SEO: Posicionar Seu Site No Google

Nossa última dica é que você tenha certa noção de SEO, ou que contrate uma agência de Marketing especializada no assunto, pois assim você, a longo prazo, não irá gastar com promoção no Google, Facebook e outras plataformas. Técnicas de SEO visam posicionar seu site nos motores de buscas (Google, Yahoo etc), e com um bom posicionamento, você atinge muito mais clientes sem precisar gastar horrores. É um trabalho de formiguinha e a longo prazo, mas que funciona melhor do que qualquer outro em termos de posicionamento orgânico do seu site nos motores de busca.

Assim, terminamos este artigo desejando a você boa sorte, e que você consiga escolher as melhores opções para o seu negócio online!

Editor

Editor

Olá! Sou o faz tudo do site (quase tudo). Apaixonados por internet, adepto das novas tecnologias e webmaster. Aproveite o conteúdo, pois todos os dias estamos postando algo novo. :)

Adicionar comentário