Mundo DSE
Descobrindo o que é pintura hidrográfica

O que é pintura hidrográfica?

A transferência de imagens de água, ou pintura hidrográfica, é o processo de aplicação de produtos decorativos acabados em 3D. Qualquer superfície dura, não porosa e que possa ser submersa na água pode ser decorada.

Aprenda o que é pintura hidrográfica
Roda de carro laranja customizada com pintura hidrográfica.

Outra boa regra é se você conseguir pintar o objeto com maior probabilidade de decorá-lo com este processo. Exemplos de tais materiais são: plástico, vidro, madeira, fibra de vidro, cerâmica e metal.

Como fazer a impressão hidrográfica na prática?

  1. Limpe a peça: A peça deve estar livre de toda a sujeira, óleos, cera, graxa, tinta solta ou outros contaminantes que possam afetar o produto acabado.
  2. Prepare a peça: Máscara das áreas a não imprimir em, etc. Use os melhores produtos para preparar a peça.
  3. Pinte a peça: Pulverize a peça com o revestimento de base apropriado.
  4. Mergulhe a peça: o item é mergulhado em recipiente de imersão com o filme flutuando no topo da água.
  5. Lave a peça: Lave a peça para remover qualquer resíduo do procedimento de imersão.
  6. Acabamento: Termine o item com o revestimento transparente.

Como funciona o processo da pintura hidrográfica?

Como funciona o processo da pintura hidrográfica?
Dicas de como funciona o processo da pintura hidrográfica

A nossa dica inicial para quem não quer ter dor de cabeça pesquisando muito, é fazer o curso de pintura hidrográfica. Recomendamos a equipe WTP, pois são os melhores do Brasil, quando o assunto é pintura hidrográfica de qualidade e com o melhor acabamento. Os produtos são decorados usando as melhores técnicas, que reside em uma base fina de filme solúvel em água.

O filme impresso é colocado na superfície da água e a base começa a se dissolver. Um produto químico ativador patenteado é pulverizado sobre o filme, fazendo com que a tinta permaneça flutuando em um estado semelhante a óleo no topo da água. Mas se estiver complicado, não se preocupe, tudo isso é ensinado no curso acima.

Em seguida, a parte preparada adequadamente é imersa na água, e a pressão ascendente da água faz com que a tinta se enrole e adira ao item. Depois que todo o item foi imerso, ele é removido da água, limpo e depois coberto com uma camada transparente.

Dicas para Escolher o Recipiente Direito de Imersão

O recipiente pode ser feito de qualquer material desejado, como plástico, vidro ou metal. Um contêiner quadrado ou retangular é a configuração mais desejada. O contêiner deve ser de um tamanho que, quando você coloca a peça desejada para ser processada no centro do contêiner, deve ter de duas a três polegadas de espaço entre os lados do contêiner.

Além disso, o recipiente deve ser profundo o suficiente para que, quando você processar sua peça, ela fique totalmente submersa abaixo da linha de água. Seu contêiner nunca pode ser muito profundo, mas pode ser muito raso.

Exemplos de itens que é possível fazer com essa técnica de pintura

Itens que é possível fazer com essa técnica de pintura
Apenas alguns exemplos de peças que é possível explorar com essa pintura

Há literalmente infinitas formas de realizar a pintura hidrográfica. Se puder ser submergido com segurança na água e possuir uma camada de base, pode ser mergulhado! Aqui estão alguns exemplos do que você pode fazer com cada kit de tamanho:

  • Painéis interiores
  • Guarnição automotiva
  • Tampas da luz da cauda
  • Bússolas de cabeça leve
  • Caixas de alto-falante
  • Pequenos acessórios para motocicletas
  • Capacetes
  • Colchetes
  • Volantes
  • Maçanetas
  • Fechaduras
  • Ferramentas e alças de ferramentas
  • Prateleiras de vários tipos
  • Receptor de engate de reboque
  • Caixas de bateria
  • Rampas de quadriciclo
  • Recipientes de gás ou óleo
  • Tanques de ar pequenos
  • Viseiras de janela
  • Máscara de Soldadores
  • Pára-choque de bicicleta
  • Bicicletas no geral
  • Alças de freio de emergência
  • Emblemas de carros e caminhões
  • Rodas de carro
  • Tampas de ventilação de corrente alternada
  • Portas de armário
  • Carcaça da tampa do termostato
  • Capacetes
  • Óculos
  • Molduras
  • Capas de interruptor de luz
  • Pás do ventilador de teto
  • Cinzeiros
  • Bases da lâmpada
  • Pequenos gabinetes de eletrodomésticos
  • Bengala
  • Ganchos de toalha/barras/anéis
  • Torneiras De Pia
  • Cremalheiras de suspensão do champô / sabão
  • Acessórios de guitarra
  • Caixa do computador
  • Escudo do mouse
  • Estojo do teclado

Veja a infinidade de peças que é possível explorar, basta usar a criatividade e saber por onde começar. Portanto, qualquer pessoa que tenha força de vontade se torna capaz de fazer pinturas hidrográficas nas peças que tanto deseja.

Editor

Editor

Olá! Sou o faz tudo do site (quase tudo). Apaixonados por internet, adepto das novas tecnologias e webmaster. Aproveite o conteúdo, pois todos os dias estamos postando algo novo. :)

Adicionar comentário