Mundo DSE
Previdência privada

Invista em previdência privada e tenha dedução no IR 2020

Todos os anos, quando chegamos perto de dezembro, já começamos a pensar no IR do próximo ano. Por esse motivo, o investidor brasileiro chega a brilhar os olhos quando o assunto é isenção ou desconto no Imposto de Renda. Veja como proceder e garantir a sua dedução!

Planos de previdência

Se você vai investir em previdência privada, deve saber que esses produtos financeiros são voltados para objetivos mais a longo prazo, como a sua aposentadoria. Por esse motivo, os incentivos tributários estão aí para desestimular as aplicações de curto e médio prazo.

Existem dois modelos de planos de previdência privada:

  • PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre);
  • VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre);

Vantagens tributárias da previdência privada

As vantagens tributárias, são aplicadas tanto no plano PGBL quanto no VGBL. Vamos ver agora algumas delas, e a partir dessas informações você pode pensar na decisão que vai tomar para adquirir um plano de previdência.

Ausência de come-cotas

Essa tributação não faz parte dos fundos de previdência, por esse motivo, a sua ausência é benéfica, pois esses recursos que seriam retirados do fundo para pagar o imposto, continuam investidos e produzindo rendimentos. O que é importante salientar aqui, é que tantos nos planos fechados oferecidos por empresas aos trabalhadores, quanto nos planos abertos, o IR só será pago quando chegar a hora de resgatar o seu plano ou receber seu benefício.

Dedução na declaração do IR

A dedução no Imposto de Renda nos planos PGBL de previdência privada pode ocorrer na base de cálculo do IR até 12% da renda bruta anual do investidor. Esse benefício, no entanto, só pode ser aproveitado quando a declaração de Imposto de Renda é feita em sua forma completa.

Quem entrega a declaração na forma simplificada, deve optar pelo plano VGBL, que não permite abatimento nas contribuições. Por outro lado, no plano de previdência VGBL, a tributação vai incidir apenas sobre os rendimentos, e não sobre o valor total que foi acumulado no plano.

Estude bem para escolher a melhor opção

Todo investimento requer análise, e investir em previdência privada não é diferente. A escolha de um investimento requer muita pesquisa e comparação. Colocar na balança, fatores como a taxa de administração que as instituições oferecem, bem como a aplicação e o retorno sobre o investimento do fundo, podem vir a influenciar muito no resultado.

Considerando o fator das taxas de administração, observe aquelas que oferecem o melhor custo benefício. De nada adianta ter um fundo com uma taxa de administração baixa, com retorno ruim, o importante é encontrar o equilíbrio entre as variáveis.

Data limite para adesão

Para conseguir a dedução no IR de 2020, é preciso se atentar ao prazo de investimento. O seu dinheiro precisa estar disponível em sua conta até o dia 28 de dezembro. O prazo existe por um motivo, transações bancárias podem levar um tempo para disponibilizar o dinheiro na conta, e esse prazo pode variar de acordo com o banco.

Então, não deixe para abrir sua conta ou fazer o aporte na data limite, faça quanto antes para não ficar de fora da dedução se essa for a sua vontade. Analise todas as informações e escolha aquela que melhor se encaixa na sua necessidade.

Editor

Editor

Olá! Sou o faz tudo do site (quase tudo). Apaixonados por internet, adepto das novas tecnologias e webmaster. Aproveite o conteúdo, pois todos os dias estamos postando algo novo. :)

Adicionar comentário