Mundo DSE

O aumento das taxas de infidelidade

O aumento das taxas de infidelidade
5 (100%) 1 vote
O aumento das taxas de infidelidade

De acordo com um estudo que deixou o mundo boquiaberto os públicos masculinos e femininos se tornam cada vez mais infiéis.

Este estudo foi realizado conforme solicitações da Fundação Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

No ano de 2011 a pesquisa indicava que 14% das mulheres traiam no casamento, ao passo que a taxa entre os homens ficou em 19%.

Porém, em 2012 o registro foi de 19% às mulheres e 23% nos casos dos homens.

De fato, a cada ano as principais pesquisas referentes ao assunto indicam que adultério se torna cada vez mais frequente nos casamentos da atualidade.

Críticos conservadores indicam que uma das principais causas do boom dos traidores está na própria mídia com conteúdo que demonstra a traição como um comportamento normal e aceitável.

Outra razão pode estar na proliferação das próprias mídias sociais que permitem conhecer novas pessoas com mais facilidade.

Em Nome do Feminismo

Curiosamente, o cenário entre homens e mulheres parece estar mudando de modo cultural.

A cada dia as mulheres se preocupam menos com as formas tradicionais de relacionamentos ao ponto de estarem mais inclinadas a relações abertas.

Por outro lado, homens seguem no caminho contrário, tendo em vista que ainda conforme a mesma pesquisa, 60% dos caras precisam de espaço pessoal no relacionamento, ao ponto que a taxa entre as mulheres está na casa de 80%.

Não se pode ignorar o fato de que os números podem ser ainda maiores ao considerar a tendência que participantes de pesquisas do gênero possuem em mentir nas respostas.

Contudo, a monogamia parece ainda ser o comportamento mais aceitável, tendo em vista que a grande parte das pessoas na pesquisa indica que não trai no casamento.

Renato

Paulistano, redator jornalístico e publicitário desde 2010. Atuo com conteúdos online para blogs/sites informativos, cartas de vendas e peças publicitárias.

Adicionar comentário