Mundo DSE
Sexo na Adolescência

Sexo na adolescência

Sexo na adolescência
5 (100%) 1 vote

Quando começa a ficar adolescente a pessoa passa por momentos um pouco mais conturbados. Parece que tudo é novidade, inclusive as mudanças no corpo. A partir deste momento se deixa de ser criança para caminhar à vida adulta. Uma fase de transição.

Na adolescência muitas pessoas começam a fazer sexo e podem até mesmo ter filhos. Chega a hora inclusive de formar uma identidade sexual.

Como se sabe, adolescência se relaciona de modo direto com a época da puberdade. Poluções masculinas e menstruação nas meninas. A voz muda, surgem pelos nos corpos e tudo parece crescer num ritmo acelerado.

Não se pode esquecer também as mudanças de ordem não apenas social como também emocional.

Mas, é importante destacar que conforme o tipo de cultura de determinado país a adolescência pode chegar mais cedo ou tarde.

Em nações ocidentais isto é definido conforme ocorrem mudanças físicas no corpo das crianças.

Também existe a questão da sociabilidade. Por exemplo, atualmente existe muito mais necessidade de educação para conseguir chances no mercado de trabalho, o que faz os jovens permanecerem na casa dos pais por tempo superior do que nas épocas passadas.

Muitos jovens moram na casa da família até depois dos 20 anos nos Estados Unidos, por exemplo.

Por outro lado, em nações do Oriente e alguns países subdesenvolvidos no lado ocidental do mundo a dispersão ocorre de modo mais cedo, em principal por constante necessidade de força braçal no mercado de trabalho, além de pobreza, o que faz jovens trabalharem mais cedo e com menos preparo intelectual.

Na adolescência os homens procuram de uma forma mais ativa o sexo, quase que se ajoelhando para fazer as garotas transarem o quanto antes.

Aí a juventude começa a “ficar”, ou seja, fazem sexo, mas sem assumir responsabilidades relacionadas com namoros, casamentos ou algo mais sério.

Sexo na Adolescência e a Perda de Virgindade

Virgindade, talvez nenhuma outra palavra do mundo tenha tanta relação com o mundo dos adolescentes.

É o verdadeiro rito para se iniciar de modo sexual na vida, algo muito importante para as mulheres e um pouco menos valorizado por homens.

Ser virgem ou não pode gerar culpa ou orgulho, o que na prática depende se a família é mais conservadora ou liberal.

Com a evolução do liberalismo cultural de modo principal nos países ocidentais se pode dizer que a cada dia a virgindade acaba com menos idade entre os jovens.

Masturbação e Evolução da Vida Sexual

Desde a infância o ato de se masturbar é natural nos seres-humanos e outros tipos de animais.

Mas, apenas na adolescência surgem as primeiras sensações orgásticas, seja quando as descobertas ocorrem de modo individual, com duas ou até mais pessoas.

Principalmente nos dias de hoje, inclusive por causa da evolução na filosofia de identidade de gênero, existem chances significativas de ocorrerem atividades homossexuais entre adolescentes.

Masturbações em órgãos de amigos, exposição de genitais e abusos sexuais por partes dos adultos moldam a cultura dos jovens em busca de constantes descobertas de ordem sexual.

Não existe mais a concepção de família conservadora, o que permite mais liberdade aos jovens explorarem o sexo.

Em épocas democráticas com mídia livre a indústria do sexo funciona a todo vapor, trabalhando inclusive nos temas não muito comuns entre adolescentes que acabaram de sair da fase infantil.

Talvez uma das coisas mais em comum entre os adolescentes é a necessidade de se sentir ou falar como adultos, mas ainda falta maturidade, o que pode gerar consequências sociais como a gravidez de risco na adolescência, por exemplo.

Os pais estão cada vez mais ocupados com trabalhos para sustentar a casa, mas se esquecem que às vezes é necessário parar para conversar antes que os filhos cometam erros na adolescência que afetam a vida inteira da família.

Fonte: ABC Saúde
Wlisses

Wlisses

Consultor em inteligência emocional, Conselheiro amoroso, palestrante e atualmente desenvolve projetos sobre desenvolvimento pessoal. Honesto por natureza, aventureiro por instinto e sedutor por consequência.

Adicionar comentário