Mundo DSE
amor e paixão

A diferença entre amor e paixão

A diferença entre amor e paixão
5 (100%) 1 vote
A diferença entre amor e paixão

Qual a diferença entre amor e paixão? Sem dúvidas esta é uma questão que faz a cabeça dos pensadores desde os primórdios da humanidade.

Em uma relação mais envolvente sempre temos esta dúvida: Será que estamos amando ou apenas apaixonados, como se uma coisa fosse superior a outra.

Mas, será que estes sentimentos são diferentes ou apenas servem para complementar e fazer nossos corações dispararem de tanta emoção?

 

O que é paixão e amor?

Se por um lado o amor é calma, do outro se pode dizer que paixão representa uma verdadeira explosão de sentimento.

O amor dura para sempre, ao passo que a explosão da paixão às vezes dura poucos dias!

Quando se ama alguém a gente pensa em algo progressivo, ao passo que paixão representa coisas explosivas do momento.

Há quem diga que no amor existe mais delicadeza, enquanto que paixão pode ser agressiva, quase uma sensação orgástica, a adrenalina diferente.

Amor é construtivo, paixão rima com destruição e vingança. Quem ama perdoa embora a traição seja algo que magoa.

Você tem amor no coração? Então está saudável!

Você sente paixão no coração:? Então está doente.

Amor é a cura da solidão, paixão simboliza atos de loucura para não ficarmos sozinho no mundo.

Quando existe amor na relação o casal ou a dupla é forte para ultrapassar os desafios da vida em conjunto. Mas a paixão quase sempre se demonstra com narcisismo.

Amor faz a gente acreditar que tudo é impossível. Já a paixão revela a depressão por saber que não conseguimos alcançar a própria felicidade.

Amar é saber que existe necessidade de sentir amor por você mesmo antes de amar outra pessoa. Paixão revela que não conseguimos ser felizes sem estar ao lado de determinado ser.

Uma relação pode até começar com paixão, mas para ser duradoura é preciso desenvolver o amor que representa a face mais bela das almas dos seres humanos.

Amar é pensar no próximo com alegria. Paixão consiste em cometer loucuras por ciúmes de situações existentes apenas na própria imaginação da pessoa ciumenta.

Amor é uma manhã gloriosa. Paixão é a noite de tempestade.

Chega de briga por paixão. O mundo precisa de mais amor.

Renato

Paulistano, redator jornalístico e publicitário desde 2010. Atuo com conteúdos online para blogs/sites informativos, cartas de vendas e peças publicitárias.

Adicionar comentário