10 Sinais Vermelhos Ao Se Envolver Com Uma Mulher

Não é à toa que chamam o envolvimento verdadeiro de “relacionamento sério”, pois se trata de um compromisso que afeta outras esferas da sua vida. Muitos homens quebram a cara ao mergulhar numa relação fadada ao fracasso por incapacidade de ver os sinais vermelhos e pisar no freio antes do impacto.

Lidar com as mulheres é uma arte sútil no qual muitos demonstram incompetência e incompreensão... Não precisa ser assim. Afinal, muitas vezes a culpa não delas, mas dos próprios homens por serem incapazes de ver além dos peitos e bunda. E olha que elas reclamam e muito disso. Então, que tal pensar um pouco com a cabeça certa pra evitar se foder num relacionamento que deixará apenas frustração e arrependimento? A temática de hoje pode soar um pouco politicamente incorreta, mas nem por isso deixa de corresponder aos contextos que estamos habituados a vivenciar, mas apenas poucos têm visão pra compreender sua complexidade e nuances.

Esses sinais que aqui apresentarei são essenciais, pois fornecem a você uma base sólida para a tomada de decisão, isto é, terminar ou continuar com a mulher em questão. Minha recomendação? Bem, se você estiver diante de mais de um desses sinais, termine antes que se frustre com algo pior, pois geralmente estes sinais são a ponta do iceberg. Quer continuar mesmo assim? Acha que é besteira e que não faz sentido? Foda-se você! Assuma então as responsabilidades e consequências de suas escolhas sem choramingar depois. Já havia escrito anteriormente algo semelhante no texto: 7 Sinais de que uma mulher está te usando!

Finalmente, vamos então agora conhecer os sinais vermelhos ao se envolver com uma mulher? Estão listados abaixo. Espero que isso possa lhe ajudar a poupar o seu precioso tempo e priva-lo de frustrações.

-Ela não te apoia

Ela não te apoia

Esse pode parecer básico, mas nem todos entendem. Como homem, tenho certeza de que várias vezes você esteve em situações um tanto quanto questionáveis, problemáticas e complicadas. Não citarei nenhuma, obviamente por se tratar de questões subjetivas. Isso ocorre porque sua opinião ou visão sobre algo te direciona a uma situação x. Tudo bem, isso é bom na verdade, pois um homem que não tem opinião própria ou que não segue seus pensamentos é um fraco.  

Às vezes te leva a algo benigno e outras podem conduzir a uma controvérsia. No momento em que a coisa sai de controle e se torna um impasse para os que te cercam, cabe à sua namorada te apoiar, ficar ao seu lado. Se ela não te respeita o suficiente para de apoiar diante de amigos, família ou colegas, então sinal vermelho, fuja enquanto pode ou vai complicar ainda mais futuramente. Pode inclusive ser pior, ela pode te repreender e mesmo tentar te envergonhar na frente dos outros. 

-Ela paquera outros caras

Ela paquera outros caras

Poucas coisas são mais humilhantes e detestáveis para um cara comum do que ter de passar por isto. A sensação de que ela aprecia mais a companhia de outro(s) do que a sua. Tem alguma dúvida sobre o assunto? Não terá mais. Se você e sua namorada saírem em grupo e você a ver rindo descontroladamente, de modo genuíno, das piadas de outro(s) cara(s) e ainda por cima tocando o braço dele(s), desfrutando a companhia – em outras palavras, “dando mole”. Não tenha dúvidas, termine imediatamente diante desse sinal, pois ficará muito pior no futuro. Você acha que esse sentimento amargo na boca e essa sensação ruim de ser “inferior” vão passar? Tenho uma novidade, não somente não vão, mas crescerão tomando proporções imensas podendo inclusive impactar negativamente sua vida profissional e social até de modo definitivo. Então saia dessa enquanto pode e enquanto ainda há chances, pois se você cair na paixonite e se transformar num completo frouxo inepto ao papel de homem de verdade... Ficando assim até o momento em que ela te abandonará e você, no seu estado de gazela saltitante apaixonada, a implorará para ficar.  Acha exagero? Experimenta aí e depois me conta. Recomendo leitura do meu texto: O que fazer quando um cara dá em cima de sua namorada? E aproveita pra ler também: 7 Formas de lidar com o ciúme.

-Ela negligencia você publicamente

Ela negligencia você publicamente

Às vezes pode ocorrer dela se distrair. A atenção de qualquer ser humano pode ser capturada por alguma coisa, pois de fato nos distraímos facilmente, pelo menos a maioria. Ninguém deve ser prioridade total na vida de ninguém, não estou advogando isto aqui. Mas não justifica você ser completamente ignorado por ela. É humilhante ver sua namorada conversando intimamente com outra pessoa enquanto você fica de fora. Até tenta participar, mas ela faz questão de dificultar falando coisas que você não tem conhecimento ou pior, falando sobre outros homens com a(s) amiga(s). Não importa o quanto você acene, se esforce, sorria forçadamente e tente participar, ela simplesmente não te inclui. Isso apenas mostra que você está no nível mais baixo de importância na vida dela.

-Ela mente

Ela mente

Você pode até pensar: “E daí? Todo mundo mente.” – Sua racionalização está correta, mas tudo depende do contexto e da intenção, não seja Zé Ruela. Pode acontecer de alguma vez você a pegar no flagra mentindo. Ela pode dizer que foi tal dia com a amiga em uma praça x, mas na verdade ela estava no shopping y com o Ricardão seu “miguxo” que espera ansiosamente pela oportunidade pra pegá-la de jeito, mas que ela o descreve numa desfaçatez imensa como um “fofo” e apenas “amigo”. Ou ela pode mentir de maneira mais simples e “inocente”, entre aspas mesmo, dizendo que não vai poder te ver porque está doente, mas na realidade você descobre dias depois que nessa noite especifica ela saiu com as amigas para aquela boate que rola a maior pegação e só Deus sabe o que aconteceu por lá. Claro, apenas uma mentira não afeta diretamente todo o relacionamento, você deve imaginar. Mas, afeta e muito. Vamos pensar um pouco... Se ela está disposta a mentir sobre tais assuntos de menor importância, já imaginou sobre o que ela mentirá no futuro?  

-Ela critica você

Ela critica você

Os poucos homens que conseguem ser bem sucedidos na vida, seja lá em que área, precisam de sua autoestima elevada e intacta. Acreditar que você pode fazer uma coisa e tomar a iniciativa pra realizar não é algo fácil. Se ao invés de incentivar e impulsionar seu sucesso, sua namorada te joga pra baixo e te desacredita criticando-o e categorizando-o como incapaz, então é um sinal mais do que evidente para deixá-la de vez, pois ela está sabotando seu psicológico e minando seu sucesso. Quanto mais tempo você passar com alguém assim, pior será para você. 

-Ela desaparece sem dizer nada

Ela desaparece sem dizer nada

Essa questão é relativa, pois depende da duração do relacionamento. Se vocês estão namorando há um mês e ela desaparece um ou dois dias, ótimo. Até então nenhum problema para se preocupar, mas se vocês estão juntos há oito meses, por exemplo, e ela desaparece por uma semana sem explicação prévia, considere a relação terminada. Caso fosse o oposto tenha certeza de que ela terminaria com você, pois iria dizer que você deveria ter dado explicação. Jogue no mesmo ritmo, afinal elas não dizem que querem igualdade? Então jogue conforme as regras. Ela pode até dar uma explicação posterior, mas se você vai aceitar ou não, aí depende. Ela pode dizer que visitou um parente doente, alguém morreu, alguma amiga casou, etc. etc.. Ok, você pode bancar o cara legal e aceitar, mas pare e pense um pouco antes, você realmente não acha nada estranho e desrespeitoso o fato de ela não mencionar nada do ocorrido e ainda permanecer incomunicável enquanto estava longe? Não há nenhuma desculpa para não terminar depois disso. A não ser que você seja babaca frouxo e incapaz de encontrar alguém que te respeite, se for o caso, continue no relacionamento.

-Ela é abusiva

Ela é abusiva

Se a sua namorada desce a mão em você, ou ainda, se ela tece comentários destrutivos e humilhantes, então dê adeus imediatamente.  Mulheres abusivas são do tipo mais perigoso e mais destrutivo que podem literalmente destruir você ou induzi-lo a fazer. Com o tempo começam as ameaças de abandono, destruir carreira, entre outras coisas. Se você é um cara do tipo comum que mostra respeito e a valoriza como ser humano que merece consideração, então no mínimo ela lhe deve o mesmo. Se ela é incapaz de reconhecer esse fato simples, porém fundamental, então deixe-a, porque ela claramente é incapaz de constituir uma relação lúcida baseada em respeito e apreciação mútua. Infelizmente esse tipo de caso tem tendência a piorar com o tempo, pois mulheres assim geralmente desenvolvem um senso de controle, superioridade, manipulação, mantra de vítima e punição psicopática da ausência de culpa, isto é, construir cenários negativos nos quais a culpa seja imputada a você e por isso será severamente punido. Leia sobre isso no texto: 4 Armadilhas emocionais que as mulheres abusivas usam

- Ela é fria em público

Ela é fria em público

Tudo tem limites. Não compreenda errado aquilo que aqui é exposto, pois não se trata de você virar um cantor de rapper norte americano com ela pendurada no seu pescoço segurando seu *** enquanto estão num aniversário ou no shopping, onde inclusive existem crianças no recinto. Existe etiqueta para ambientes públicos e, é claro, leis contra atentado ao pudor. Trata-se sim, de ela ficar fria com você, como se estivesse enojada em relação a você. Rejeita suas investidas simples como toques, abraços e, por conseguinte, vira o rosto quando você tenta beijá-la. Ela não é sua mãe, você não é filho dela. Ela é sua namorada e deve agir como tal, do contrário de que adianta estar na porra da relação? Há os casos mais extremos onde mulheres ficam distantes de seus namorados em ambientes públicos, zero contato físico. Há exceções ao que aqui foi relato, como, por exemplo, o caso de você ter sacaneado ela de alguma forma e ela ter reagido assim. De todo modo, verdade seja dita, se o relacionamento existe apenas “in off”, então não saia com ela. Namore outra e a tenha disponível como “quebra galho”, sua “reserva”, pois claramente ela não o quer pra compromisso. Ou então termine de vez e procure outra melhor.

-Ela é paranoica

Ela é paranoica

Se ela não pode te ver falando com outra mulher e já imagina que você está fodendo a dita cuja, então tens uma paranoica contigo. Se você marcou um joguinho ou uma bebedeira com os amigos e ela começa a te encher com isto dizendo que você vai traí-la e tantas outras insanidades, cuidado que é sinal vermelho.  A transparência total é um mito, mas a intenção de compartilhar vez ou outra aquilo que vai fazer é boa, pois demonstra respeito... Por outro lado, a necessidade de ter de contar tudo o que fez, faz ou vai fazer 24hs por dia pra ela, como quem faz relatório pro chefe, aí já é demais, pois viola o espaço individual e transparece desconfiança num nível impossível de se viver... Pois aos poucos ela te dominará num nível extremo no qual você terá que pedir “permissão” para sair, já que uma vez que a situação chegue a este ponto é praticamente irreversível realizar uma mudança positiva.

-Ela te traí

Ela te traí

Acha que é clichê? Pode até ser, mas não deixa de ser factual e decisivo na tomada de decisão. Esse poderia inclusive ser descrito como um choque de realidade. Primeiro, devo esclarecer que não sei o que você considera traição, pois para muitos a interpretação muda. Para você pode ser: a) o fato de ela falar com outro cara com intimidade; b) beijar outro; c) foder com outro homem. d) apaixonar-se por outro enquanto está com você... E etc., pois caso continue, estaria então escrevendo uma lista infinita. O fato é que a depender do que considere traição, esse fator vai determinar muita coisa. Por isso, é importante saber o que você considera traição, para então determinar a sua escolha. Se ela te traiu, então isso não deve ocorrer novamente, mas em todo caso, se você é do tipo bonzinho e acha que não acontecerá de novo... Perdoe-a e aguarde. Se você é realista, gosta realmente dela e quer continuar mesmo assim... Recomendo uma punição para o ocorrido. “Como farei isto?” – Você deve estar se perguntado, mas calma que é bem simples: a) Aja indiferente, como se nada tivesse acontecido, em seguida deixe que ela o veja com outra mulher... É importante que esta outra esteja se divertindo com você, rindo loucamente te tocando, abraçando e brincando com você... Você nem precisa pegar essa outra, apenas projetar que algo PODE acontecer caso você QUEIRA que aconteça. Se ela gosta realmente de você, então terá medo de perdê-lo pra outra, principalmente se essa outra for mais bonita e gostosa do que ela. Basicamente: você não foi reativo e explodiu com que ela fez, demonstrou autocontrole e autoconfiança e de quebra deixou claro que na sua vida é você quem tem o controle, não é ela. Mais ainda, você a permitiu ficar mesmo depois do que ela fez, advertindo-a por meio de sub-comunicação de que você teve, tem e terá outras opções caso ela erre novamente. Além disso, a punição é meio efetivo para evitar a repetição de um comportamento, afinal você não estará cultivando o mal comportamento, mas punindo-o. Isto é condicionamento puro e simples, como dizem os behavioristas.  b) Nesse caso, um pouco diferente, primeiro você falará com ela calmamente e num tom de voz suave, veja bem, eu disse suave e não com jeitão de gazela pedinte, seja firme, mas sem reações emocionais na fala. Você dirá que ela te desrespeitou e que você não tolera isso em sua vida, você ouvirá o que ela tem a dizer, pois a depender da reação dela (se aparenta estar arrependida genuinamente), e em seguida completará dizendo que ela terá a última chance e depois disso, se ela errar de novo, você não irá querê-la em sua vida nunca mais. Tudo isso num tom de desprezo, nunca emotivo. Transparecendo firmeza, controle e confiança. Diga que você a quer e apenas por isso lhe dará outra chance. Seja homem e esclareça isto, pois do contrário qualquer relação que você entrar, eventualmente se tornará estatística.

Espero que esse texto lhe seja útil no sentido amplo e que você possa fazer as melhores escolhas para sua vida com base nessas lições. Não se esqueça de deixar seu comentário!

Abraço.


0 comentários:

Postar um comentário