A típica revolta pós relacionamento: o que podemos extrair disso?

É muito comum (se não for quase uma verdade absoluta), que após um término de um namoro, principalmente um namoro de bastante tempo, nós passamos a sentir uma revolta gigantesca para com as mulheres, com os amigos e com a vida. Mas esse artigo não vem com a função de criticar ou detonar esse comportamento, muito menos incentivar. Mas vamos procurar entendê-lo e extrair tudo de bom que você pode dessa fase um tanto quanto amarga.

Depois de 5 anos de namoro com aquela moça linda (na qual você já tinha tanta intimidade que já estava praticamente casado) acontece algo de ruim, seja por qualquer um motivo, e o relacionamento é rompido. Começam a passar mil e um pensamentos destrutivos dentro da mente, você chora, chora e chora, pergunta para Deus e para o mundo do porquê aquilo aconteceu com você. Depois da fase de tristeza aparece a fase da revolta e da amargura, na qual, você projeta toda a sua fúria e frustração em todos ao seu redor. 

Você começa a criticar os relacionamentos dos seus amigos, começa a agir com raiva, seu próprio tom de voz já implica e denota sua fúria e rancor internos. A partir daí surgem as famosas frases que provávelmente já ouvimos inúmeras vezes, das quais, algumas delas são:

"Todas as mulheres do mundo são vadias que só querem seu dinheiro!!!"
By Revoltadinho

"Essas mulheres são safadas demais, na primeira oportunidade te tocam um belo par de chifres!"
By Maluco Puta revolts

"Não quero mais saber de namorar, meu negócio agora é comer e jogar fora, essas vagabundas!!"
By comilão galinho de briga

Se analisarmos as frases acima podemos notar que em todas elas há uma generalização bruta. Quando estamos revoltados, perdemos todos os argumentos lógicos e coerentes e passamos a substituí-los por generalizações de todas as formas possíveis, o que resulta numa distorção de opiniões, muitas vezes ocasionando uma dificuldade na interação com as outras pessoas do seu grupo social.

Sem dúvida, essa fase de revolta é um momento muito conturbado e tenso na vida de um homem, já que as mulheres após um relacionamento normalmente têm um número muito grande de homens a sua espera e os homens geralmente precisam "ralar" um pouco mais para entrar em um novo relacionamento. Mas, apesar da revolta ser uma fase destrutiva, podemos tirar alguns aprendizados disso tudo.

Como absolutamente tudo nessa vida são fases, aí vão alguns aprendizados:

 - A revolta é apenas uma fase: de uma forma redundante, conforme citado anteriormente, toda essa amargura que você está sentindo é apenas uma fase man, não encana não, logo passa e você estará rindo de tudo que você falou e de como você agiu.

- As mulheres são vadias, sim, até que elas provem o contrário: essa com certeza gera muita polêmica amigo, mas de uma forma geral, sem absolutamente nenhuma generalização babaca e sem sentido, as mulheres dissimulam e agem de forma duvidosa sempre, porém, há mulheres honradas das quais valem a pena, sim, cultivar relacionamentos duradouros, mas estas, parceiro, precisam provar primeiro seu valor. Se acha isso uma generalização, procure observar no seu dia-a-dia como elas se comportam e tire as conclusões por si só.

- Tudo o que fica é a força interior: seguindo o princípio de que o que não te mata te fortalece, após você transpor a fase da revolta, sairá mais forte do que antes, fica tranquilo irmão, pode ter certeza disso, considere um privilégio ter atravessado esse deserto, pois o oasis no final vale muito a pena.

Existem muitas outras lições que podemos extrair dessa fase, mas, o mais importante é não tentar lutar contra isso, aceite tudo, observe que são ondas que vem e vão na sua mente, trabalhe no seu desenvolvimento pessoal, sem ser clichê. Não tente lutar contra a força da maré, em algum momento ela se acalma e você poderá nadar tranquilamente. Sintam-se a vontade para acrescentar ou discordar dos escritos que foram propostos aqui. Abraço e tudo de melhor sempre!



0 comentários:

Postar um comentário