Como não ser um cara estranho com as mulheres

Anteriormente publiquei alguns artigos que tratavam sobre como atrair mulheres, como se comportar perto das mulheres e ainda, como lidar com a rejeição. Hoje o assunto é importante e muito negligenciado: como não se tornar um cara estranho com as mulheres, confira o texto!

Uma grande preocupação em geral por parte de quase todos os homens é tentar passar uma boa vibe para a mulher, parece-me correto dizer que embora a intenção seja das melhores, nem sempre ela se efetiva. Claro que é legal querer ser melhor para seduzir uma mulher em questão, mas certas vezes a preocupação em ser divertido e interessante para que uma mulher venha a desejá-lo sobrepuja a personalidade e acaba transmitindo o oposto.

Com os vários textos publicados no blog fica claro que o “esforço excessivo” tem efeito contrário ao desejado, paradoxal? Sim, com toda certeza, mas é factual. O fato é que esforçar-se demais apenas demonstra desespero em agradar e isto, é claro, não gera atração. Nesta tecla já venho batendo há muito tempo por aqui. Uma tentativa exagerada de ser divertido e parecer interessante força a barra e o faz parecer tão somente um cara estranho... Muitos caem em sua própria armadilha e acabam sendo rejeitados.

O mantra do "Cara Estranho"
"Ser o estranho" significa em suma uma espécie de uma alçada designativa para os sentimentos de medo persistente e insegurança que geralmente alguns homens incutem nas mulheres em decorrência de esforço excessivo em agradar, em ser legal sem demonstrar suas reais intenções, e também simplesmente sendo “desajustado” ao ambiente e estado social.

Esse tipo de coisa é algo que muitos caras caem geralmente porque se encontram na situação de querer, mas faltam-lhe os “recursos” sociais para expressar honestamente seus desejos sem ser extravagantes ou demasiadamente “agradáveis” – Talvez por isto tentem esconder, e por sinal acaba piorando ainda mais em alguns casos.

Para as mulheres fica inconfortável e insuportável continuar falando com o cara que assume esse “manto” e tenta forçar a barra, eis aqui alguns comportamentos que você pode estar cometendo:

-A conversa está morrendo, mas você está lá e continua tentando, esforçando-se para mantê-la viva. Simplesmente porque você acredita que se a conversa morrer a mulher irá embora.

-A mulher deu sinais de que não está interessada, mas você continua tentando falar sobre assuntos não interessantes, mudando de assunto, pulando desde o clima àquelas perguntas chatas sobre trabalho/faculdade.

-O nível de interesse que ela está mostrando não se alinha com suas intenções, mas você insiste.

-Ela reage negativamente aos seus avanços, toques, olhares, sorrisos e etc. Mas você continua tentando.

Pontos acima citados estão vinculados a zona do estranhamento que conseqüentemente o tornarão um chato e estranho. Claramente, você tenta ser indireto e não mostrar qualquer interesse na mulher em questão, mas sua linguagem e comportamento estão dizendo que você está muito interessado, quase desesperado, então vai ser um grande descompasso entre o que você está dizendo  (amigável, conversa educada e chata) e o que você realmente quer (ficar com ela). Essa "ocultação do óbvio" tende a complicar muito mais do que você imagina.

Existem formas de ser indireto sem cair nesse descompasso acima citado, inclusive tal coisa já foi publicada aqui no blog. Geralmente você pode muito bem saber como interagir “sem forçar”, mas em algumas situações você impele a si mesmo porque deseja muito aquela mulher, então o problema é até simples, pelo menos em principio.

Aos pontos, essa tal zona do estranhamento constitui-se de diversos modos, citei alguns para dar uma idéia geral, sendo um pouco mais especifico ela brota na sua mentalidade e reflete na sua prática. Trata-se de querer algo, mas não ter desejo de oferecer algo em troca, nem sequer externar essa vontade, que já em si um sinal de fraqueza social.

O que ocorre é que as pessoas, de modo geral, não gostam de quem quer tirar-lhes algo. Alguns caras agem assim e transmitem isso, embora tentem esconder com todas as forças. As mulheres parecem farejar esse tipo de coisa muito rapidamente. Ocorre quando o cara está lá conversando, falando de tudo e na esperança de que se continuar lá dizendo palavras numa conversa mecânica em algum momento a mulher decidirá que quer ficar com ele. E isso não ocorre. Ele não oferece nenhum valor e nada positivo ou intrigante que desperte curiosidade para gerar atração nela, ao invés disso seu foco e preocupação está em si mesmo, preso no seu próprio mundo interno de interesses obscuros tais como conseguir mantê-la ali, pegar o número dela, beijá-la e levá-la pra cama. Há problema com querer isso? Ora, claro que não porra, mas seu foco deve ser ELA e o momento. Dificilmente, pra não dizer impossível, se construirá um laço social no nível mais baixo que seja, pois a situação não flui, tudo é mecânico e forçoso.

De modo geral, mas principalmente mulheres, não gostam de quem quer TIRAR-LHES ALGO sem oferecer nada em troca. Trata-se de algo primitivo e básico do convívio humano, então passe a ter isto em mente, pois ignorar tal fator é o mesmo que pedir pra ser rejeitado. Não importa o quanto você ACHA que sabe sobre mulheres, não importa se você já se acredita ser o “bonzão” porque aprendeu algumas técnicas, nesse ponto eu atesto que já vi muitos se dando mal por simplesmente ignorar algo tão simples como o que acabo de descrever.

Mentalidade:
-Certa vez lidei com uma situação não surpreendente, apenas radical, que foi de um cliente meu que não tinha costume de interagir com mulheres muito bonitas e que paralisou diante de uma. Lembro-me perfeitamente, e claro, como disse não é algo fora do comum, pois um homem que não tem costume de se relacionar com mulheres bonitas acabam se embriagando com sua beleza e isto o deixa tão inebriado que ele fica preso num estado de adoração silencioso, naturalmente tornando-se submisso, pois passa a visualizá-la como uma espécie de deusa/princesa. Que mal há nisso? No caso especifico que mencionei acima o sujeito ficou tão nervoso que sal conseguiu falar, relatou que estava suando frio e não entendia o porque. Meses depois do treinamento no qual o submeti, ele era outro, tornou-se incrivelmente confiante e carismático com belas mulheres. O segredo? Simples, trabalhei com ele diversas técnicas e estratégias. Uma delas que deixo como dica é: A confiança é algo binário, isto significa que, ou você é confiante ou você não é. Não existe ninguém que seja “quase confiante”, é preciso então construir uma imagem solida de sua própria identidade, portando a forma como você vê a si mesmo reflete diretamente nas suas ações. A confiança se constrói por etapas, cultiva-se a confiança que transforma a mentalidade e por fim, produz novas atitudes.

Conversação:
-É preciso saber como iniciar e manter uma conversa interessante, saber como perguntar algo, como contar uma história sem parecer um idiota. Aprender técnicas de conversação é algo fundamental para todo homem que deseja desenvolver suas habilidades de seduzir mulheres, portanto deixa a porra dos seus preconceitos de lado e faça isto.

-Não cobre respostas para as suas perguntas. Deve ser o oposto, você deveria estar contanto histórias legais e divertidas que a fizesse rir, ficar curiosa, envolvida e interessada a ponto de fazer perguntas sobre o que você está falando e posteriormente sobre você especificamente. É incrível ver quão estúpido alguns homens são por ficarem cobrando resposta a uma pergunta feita, mas é ainda mais estúpido e estranho ver um cara ser rejeitado e continuar insistindo perguntando o porque a mulher não o quer. Tenho certeza que você já testemunhou tamanha situação constrangedora.

Comportamentos:
-É preciso, antes de qualquer coisa, ter em mente que ninguém gosta de ter seu espaço físico invadido, então procure NÃO INVADIR o espaço dela com toques forçosos e desconfortáveis, ao invés disso tente manter as coisas na espontaneidade e naturalidade o máximo possível, caso deseje ter dicas sobre como ter um toque sedutor, confira o texto: A importância do toque na hora de seduzir

Incinialmente evite ficar assumir uma postura totalmente frontal com ela, isto significa que você não deve estar com os pés de frente pra ela, nem sua cabeça e nem olhos diretamente para ela. Isso é parecido com o que muitos vendedores fazem quando você entra em uma loja, e não preciso dizer, pois você sabe o quanto isto o faz se sentir encurralado, certo?

-Use o olhar de forma inteligente e sedutora. Procure evitar ficar olhando após contar algo engraçado, pois transparece apenas que você está buscando uma reação por parte dela, e isto não é nada atraente. É na maioria das vezes apenas estranho. Caso você ainda não tenha lido, há aqui no blog um texto muito bom sobre como usar o olhar para atrair e seduzir: O poder do olhar na atração

Indo além:
Existem algumas características comportamentais específicas que assustam as mulheres, tornando o homem naturalmente indesejável e socialmente não calibrado, confira minha lista das principais:

-Olhar de caçador em busca da sua presa. Caras assustadores tendem a fazer uma varredura nos ambientes como festas, baladas e etc. Muitos caras acham que esse olhar é atraente, as mulheres não. Isso é muito óbvio para todos no local, especialmente as mulheres, que têm olhos de águia para perceber quem estão as olhando. Homens com inteligência social não usam olhar de caça, ao invés eles preferem sutilmente e naturalmente olhar e de imediato fazer a aproximação.

-Ser excessivamente sério. O tipo de homem que elas consideram sexy normalmente tem uma vibe extremamente sensual, são divertidos e sorriem, ocasionalmente. Mulheres reagem muito bem a isso. Caras assustadores e estranhos, por outro lado, geralmente não dão nenhum sorriso e não tem vibe divertida, parecendo demasiadamente sérios e, portando, entediantes. As mulheres querem um homem que alegre seu dia, que as tirem da chatice e mesmice do cotidiano, aquele cara que as faz rir, que sabe provocá-las e elas reagem dando o famoso tapinha do braço e dizendo: “aí, paraaa”, com expressão de quem adorou a brincadeira. Nunca vi até hoje mulher que não gostasse de rir, se divertir, isto é, que não mostrasse reações positivas frente a um homem divertido. Elas fogem desesperadamente dos extremamente sérios, pois acham os consideram estranhos e até mesmo assustadores.

Quando um homem se aproxima de uma mulher, ela não tem idéia de quais são suas intenções, e considerando que os homens são geralmente maiores e mais fortes do que as mulheres e, portanto, potencialmente perigosos para elas, dessa forma o sorriso é a maneira correta desarmar as barreiras emocionais. Os caras costumam esquecer de sorrir, alguns mantém uma expressão tão séria que faz a mulher fugir, pois acredita que se trata de assalto, ou pior.

-Sendo um fardo social. O meu conceito de fardo social é um muito interessante, e eu provavelmente vou fazer um post sobre isto em algum momento. Basicamente, quando você acaba de conhecer alguém muitas vezes há um medo de que você vai ser ignorado, talvez por não ser o mais interessante, engraçado, legal, etc. O que acabo de escrever é valido para grupos. Homens com inteligência social são muito bons em evitar essa situação. Homens menos experientes, muitas vezes não são, e acabam não sabendo gerir níveis de atenção e respostas, em casos extremos dão plena atenção à mulher e ignoram todos, isso os faz ser vistos como fardo, pois falam rápido e mostram certo desespero, vou cobrir mais sobre isto quando eu fizer um post dedicado, mas por enquanto,basta dizer que o falar devagar e com muitas pausas é um lugar muito bom para começar e que a atenção deve ser divida de forma inteligente.

-Ter medo. Há um termo psicológico chamado "contágio emocional", que discute a absorção e internalização das emoções das pessoas ao nosso redor, e uma coisa que muitos caras têm quando eles estão falando com estranhos e novas mulheres é o medo. E quando um homem está sentindo medo, ele transparece tão claramente que é impossível não notar; as expressões em seu rosto são um pouco mais fechadas; sua voz treme um pouco; ele tenta equilibrar a conversa e vem com mais hesitação; ele treme.
Se você começar a comunicar sub-comunicar medo, as mulheres também o sentirão – e instantaneamente ficarão com ânsia de se afastar de você. Nessa situação quanto mais insistência, pior, pois ela irá sentir mais e mais vontade de afastar-se. A própria PNL diz sobre isto, conceituando pelo nome de “Go Fist”, princípio ir primeiro. Então está com medo? Livre-se disso, ou seja, rejeitado.

Superação
Uma eficaz forma de evitar cair nisto é proporcionar boas emoções logo de inicio, isto é, tornar uma simples aproximação numa grande experiência no qual ela lembrará no final da noite ou mesmo na semana inteira do cara divertido que chegou nela de forma que ninguém nunca fez antes. Isso é o que você precisa estar procurando fazer! Você não está lá para tomar; você está lá para dar, dar a ela de presente uma experiência diferente. Intimidade é algo que se constrói devagar, me disseram, porém já consegui fazer as coisas ficarem intimas em poucos minutos, seja divertido e diferente e a mágica acontecerá diante dos seus olhos.
Mesmo as mulheres que estão à procura de um homem para ir para a cama não irão com qualquer homem, elas querem um homem que mexa com sua imaginação e deixa-as com aquele gostinho de “gostaria de experimentar”, você pode ser esse cara se souber como envolvê-las emocionalmente.

Uma vez que você está conseguiu superar os obstáculos que listei, será capaz de mostrar-se honesto sobre suas intenções e transparecerá poder e confiança, eliminando assim qualquer risco de ser visto por ela como aquele “cara estranho”, ela reagirá a você positivamente como você jamais imaginou.


Gostou? Então deixe seu comentário!
Abraço e até breve.


0 comentários:

Postar um comentário