As piores razões para se casar...

Muitos casamentos terminaram em divórcio porque as pessoas acreditaram que estavam prontas sem nunca ter realmente considerado o que envolve o casamento.

A maioria dos homens ignora sua voz interior e decide “arrastar” um peso, mesmo quando sentiu que a sua relação estava condenada, fadada ao fracasso, só mais tarde vem a descobrir dolorosamente que eles cometeram um erro terrível.  O casamento não é algo a ser decidido levianamente, isso é obvio, mas um monte de caras entram nele por razões erradas. Os motivos que citarei abaixo são alguns dos piores que você pode possivelmente usar para se casar.

1 • Gravidez não planejada
Casar só porque sua namorada está grávida é ruim para todos os envolvidos, inclusive o bebê. Se você quer ser uma parte ativa da vida do seu filho você não tem que estar num casamento inadequado, de conveniência, para fazê-lo.  Casar porque descobriu que ela está grávida é um equívoco enorme, pois crianças não fazem o casamento funcionar. Dificilmente haverá competência ou esclarecimento para lidar com esse novo processo de vida, não há dúvidas, a situação é outra e tomar tal decisão sem consciência é principio do fim. Mas caso após tudo isso permaneça em ambos o desejo de continuar juntos, aquilo que parecia ser um problema, transforma-se numa vitoria, um motivo de crescimento pessoal e equilíbrio emocional, sendo que, somente nesse estágio poderia assim a decisão ser tomada de forma esclarecida.

2 • Razões financeiras
Um casamento construído exclusivamente em dinheiro e materialismo é como construir uma casa sobre a areia. Quando o vento soprar, seu casamento vai desmoronar. Se o dinheiro é a força motivadora em um casamento é certo que será um relacionamento vazio, frio, sem afeto algum.

3 • Beleza dela
Uma mulher bonita pode parecer agradável aos olhos e pode ter um corpo que é desejável, mas ao mesmo tempo pode ter uma personalidade terrível que vai tornar difícil viver com ela uma vez que a “fase” lua de mel acabou. Decidido a se casar com uma mulher apenas com base na sua aparência física pode levar a uma relação desastrosa. As virtudes sempre devem ser consideradas como fator determinante ao considerar tal compromisso.

4 • Pressão da família
Quando a família se envolve, tentando levá-lo a se casar com certa mulher ou é esperado que você se case com uma mulher de determinado grupo ou status social, é um problema sério. Pressão de sua família para casar e, fornecer netos ou alguém para continuar o nome da família... Jamais isso será tido como boas razões para constituir um laço matrimonial. Determinar se uma mulher é potencial esposa não deve ser uma decisão de grupo. Não se prenda a expectativas alheias, mesmo que essas sejam pessoas importantes para você, lembre-se que a vida é sua e somente você sabe o que melhor.

5 • Você está cansado de ser solteiro
É certamente melhor ser solteiro do que se contentar com uma mulher que não o ama verdadeiramente e ter de compartilhar com ela o resto de sua vida miserável e infeliz. Ser o único cara solteiro no seu grupo pode até ser estranho se você não tiver uma vida mais agitada, mas não é nada em comparação com a aflição profunda que você sentirá por estar casado simplesmente por ter medo de ficar sozinho. Geralmente o tipo de homem que se casa por medo de ficar só é aquele que, não encontro maneira melhor de descrever senão como, "mendigo sexual", tipicamente desesperado em conseqüência de ter se relacionado muito pouco, além de ter tido um vida inteira quase que num completo isolamento, portando através de suas frustrações o sujeito sente-se péssimo e quando encontra uma mulher que o queira, imediatamente este se prende a ela num vinculo emocional parasita e em seu delírio acredita que a ama e que o casamento é meio adequado de legitimar esse amor. Parece tolice? Mas acontece, duvido que você não tenha um amigo assim, ou ainda que não conheça ninguém que se encaixe em tal descrição.

6 • Parece que é o próximo passo lógico
Embora a seqüência lógica da vida de um homem geralmente inclua iniciar uma grande carreira, comprar um bom carro e ter uma bela casa, o casamento não tem que ser um desses passos. Todo mundo tem caminhos diferentes na vida, e é possível que o seu não inclua necessariamente uma caminhada até o altar. A vida não é um processo linear e você não deveria entendê-la assim, pois ao fazê-lo você perde toda a diversão que está contida no difuso e no indeterminado que se manifesta essencialmente na espontaneidade da escolha diversificada, hora queremos uma coisa, hora queremos outra.

Um casamento exige mais de você do que você possa imaginar, pois se pode perceber que alguns caras após casar sentem saudades da vida de farras e começam a sair atrás de outras mulheres. Um homem honrado tem consciência do peso de suas decisões e sabe a direção em que está seguindo, se deseja casar, estabelecer um compromisso serio com outra pessoa, antes de qualquer coisa, o primordial é que se estabeleça um compromisso com si mesmo e com aquilo que se deseja, pois a maior e mais solida lealdade é o mais importante que se tem para com si próprio, de fato que sem isso nenhum outro tipo de compromisso terá solidez.

7 • Você deve isso a ela
Só porque você já esteve com uma mulher por muito tempo, não quer dizer que ela é a pessoa certa para você. De fato, alguns estudos mostram claramente que quanto mais tempo as pessoas namoram antes do casamento, o mais provável é que eles vão se divorciar. Deveria ser o oposto? Talvez, mas nós sabemos que as coisas fogem do nosso controle e nem tudo é como deveria ser ou como gostaríamos que fosse. O fato a ser enaltecido em sua cabeça é que em momento nenhum você a forçou a estar com você e nem você foi forçado a estar com ela, portanto as experiências que vocês compartilharam, sejam boas ou ruins, são essencialmente valiosas na construção do seu projeto de vida que necessita de erros e acertos. Tenha em mente que um relacionamento significa antes de tudo compartilhar experiências, logo isso implica numa idéia de equilíbrio, yin yang, dar e receber, portanto elimine da sua cabeça que você deve algo a ela ou que ela lhe deve algo. Assumir um compromisso tão serio como um casamento deve ser algo pensado, essencialmente se deve ter uma noção clara da expectativa e da realidade, sendo que tal decisão deve ser tomada mutuamente, lembrando sempre que isto é uma ESCOLHA e não obrigação.

8 • Pensar que você pode fazer funcionar
Um erro gritante que alguns caras cometem em acreditar que o casamento solidifica uma relação quebrada. Pelo contrário, ele pode realmente enfatizar o que já estava errado e criar ainda mais problemas. Quando um homem se casa com uma mulher, porque ele tem a intenção de "consertar" ou "melhorar" seu relacionamento o resultado é quase certo, sofrimento angustiante.

Gostou? Então deixe seu comentário!


0 comentários:

Postar um comentário