Neymar: a história sendo escrita diante de todos

Neymar, o maior talento do futebol brasileiro, decidiu sair do Santos e ir ao Barcelona. Agora, o mundo, assim se espera, saberá de todo o seu potencial.


Eu sempre gostei muito do Neymar. Seu futebol envolvente, solto, ousado, endiabrado conquistou uma legião de fãs pelo planeta. Ele se tornou referência comercial e financeira, além de ícone nacional. Carregou um time inteiro nas costas inúmeras vezes. Alegrou nossos olhos com suas jogadas geniais e irrealizáveis pra maioria de nossos insossos jogadores. Sempre se mostrou um atleta comprometido com o treino, as concentrações, os jogos. Teve o seguinte desempenho em 2012: 56 gols em 66 jogos. Neymar no Santos fez 172 gols em 277 jogos. Ganhou 3 Paulistas, 1 Copa do Brasil, 1 Libertadores e 1 Recopa. Foi artilheiro e protagonista da libertadores e da Copa do Brasil. Venceu, portanto, com exceção do Brasileirão, todos os campeonatos que seria possível. Chegou à desprestigiada seleção brasileira com méritos e com a responsabilidade de liderá-la na Copa das Confederações e na do Mundo.

Hoje, Neymar chega à Espanha com muita moral. Chega para agregar mais força, e não para ser a estrela, ao famigerado elenco do Barça, o qual é olhado com desconfiança em razão das acachapantes vitórias do Bayern de Munique na semifinal da Liga dos Campões. Apesar de Neymar ainda não ter mostrado em jogos da seleção contra adversários fortes, como Alemanha, Itália e Inglaterra, o mesmo desempenho do Santos, e ser alvo de críticas e deboches por isso, eu não duvido que em breve o veremos entortando zagueiros de respeito como Hummles, Ferdinand, Thiago Silva etc., sendo artilheiro e unanimidade.

Vá, Neymar, em paz e não duvide jamais do seu potencial! Nós, amantes do bom futebol. acreditamos e precisamos de você! Continue nos encantando com suas jogadas irreverentes! Daqui a pouco, meu caro, o topo do mundo será seu, se você fizer por merecer.

Talvez, a história esteja sendo feita diante de todos, sem que percebamos. Talvez, estejamos vendo a despedida de um futuro gênio. Ou, talvez, eu esteja apenas equivocado, mas torcemos para que não.




Agora, leitor, deixe seu comentário sobre a ida de Neymar ao Barcelona.
Abraço!

0 comentários:

Postar um comentário