O aumento das taxas de infidelidade

Pesquisa aponta que tanto os homens quanto as mulheres têm tido suas taxas de infidelidade aumentadas. Por quê? Clique e confira!

Em uma pesquisa feita pela Fundação Nacional de Ciência dos EUA em 2010, foi revelado que 19% dos homens traíam, enquanto, em relação às mulheres, o número era de 14%. Em 2011, um estudo similar feito pela Universidade de Indiana, mostrou que o número aumentou para 23% no caso dos homens e 19% no caso das mulheres.

Os motivos para a traição não são apenas os óbvios, mas envolvem uma busca pela melhora da auto-estima e a emoção de um novo relacionamento. A mídia também parece ter um papel importante no aumento desses números, mostrando a traição tanto do homem quanto da mulher de forma mais aceitável.

De acordo com os cientistas, uma mudança cultural pode estar a caminho. Mulheres estão menos preocupadas com formas tradicionais de relacionamento e, cada vez mais, existem os relacionamentos abertos. Curiosamente, homens podem estar caminhando na direção oposta. 77% das moças disseram precisar de ‘espaço pessoal’ em seus namoros, contra 58% dos rapazes.

Outro fator seriam as redes sociais e a internet, que expandem a rede de possíveis parceiros.

Lembrando, sempre, que esses números devem ser ainda maiores pela quantidade de pessoas que mente em relação à traição. Mesmo assim, os resultados mostram que ainda valorizamos a monogamia. Afinal, mesmo com essa parcela de pessoas que admitem trair o parceiro/a, são 77% de homens e 81% de mulheres que dizem não ter traído.


Gostaram? Concordam com esse aumento? Já traiu? Já foi traído(a)? Por que as pessoas traem? Deixem seus comentários!

Abraço!


0 comentários:

Postar um comentário