Adriano à procura da felicidade

Querendo ou não, Adriano sempre acaba dando notícia. Em sua última aparição, disse querer retornar à Itália, onde era feliz. Afinal, em que lugar está a sua felicidade, Imperador? No Rio? No Flamengo? Na favela? Nas orgias?

O polêmico e cômico atacante Adriano voltou à cena com uma declaração inusitada, porém digna de uma pessoa confusa como ele. É isso mesmo: a felicidade do Imperador da Laje não está aqui no Brasil, como ele já disse em outras ocasiões.

“Tenho grandes recordações do país, além de saudade da comida, das pessoas e dos torcedores. Nunca vou esquecer o meu tempo lá”, disse o Imperador em entrevista à Gazzetta dello Sport

Achei que bebendo e farreando 24 horas por dia durante toda a semana aqui, no Rio, o Imperador sentia-se o homem mais feliz do mundo. No entanto, me enganei. Talvez, na Itália haja alguma boate nova, que ele ainda não conheça, ou a possibilidade de meter-se em uma encrenca inédita e isso o esteja motivando a retornar ao Velho Mundo. Além desses fatos, poderá se deliciar e se apaixonar de vez pela culinária italiana, sobretudo, pelas massas, assim como seu amigo e ex-goleiro Bruno, que era apaixonado por e adorava comer Macarrão toda hora.

De repente, na Itália, Adriano perca de vez sua cabeça e decida voltar a jogar futebol em alto nível e ser o grande nome do país na Copa. De repente...  Todavia, duvido bastante que ele perca a cabeça desse jeito. Ele é um cara centrado demais para largar a esbórnia. Alguém imagina o Imperador longe de uma polêmica? Acho que não, né?!

Na verdade, desconfio que ele recebeu um convite do dono do Milan e rei da suruba, Silvio Berlustecome, para voltar à Itália. Tudo porque os amigos de Silvio devem estar largando a vida de orgias e ele está sozinho para aproveitá-la. Outra coisa importante é que desde a saída de Ronaldinho, Berlustecome com certeza sonha em ter um parceiro a altura, ou seja, que tenha fígado de aço e apetite voraz quando o assunto é mulher.

Há uma pergunta que vaga no ar e é pertinente: em quanto tempo o Imperador da Laje estará pobre? Creio que em pouco tempo, pois para manter um padrão de vida à base das mais caras festas, bebidas e mulheres (elas estão exigindo muito dinheiro hoje em dia), se deve gastar quantias exorbitantes. Soma-se a isso outras indenizações que eventualmente pagará a moças que se recusarem a brincar, por exemplo, de tiro ao alvo com ele.

Ironias à parte, todos sabem que no Brasil ele está sem mercado: muito difícil algum clube querer contratar um jogador-problema. Por isso, não custa tentar a sorte na Itália, onde já brilhou tanto e foi apelidado de "Imperador". Duvido muito que consiga voltar a ser o gigante que outrora era dentro de campo, que seja nossa referência na Copa de 2014, que seja o Adriano que todos os seus fãs e apreciadores do bom futebol querem, apesar de torcer muito para que isso ocorra.

Adriano, que 2013 seja o ano de seu sucesso, de sua recuperação, de seu reencontro com a sua felicidade!




Você acredita na volta do Imperador? Acha que ainda dá tempo dele recuperar o brilho de antes ou tudo já está perdido? Deixe seu comentário!


Abraço!


0 comentários:

Postar um comentário