Pense, Pesquise, depois critique.

Pense, Pesquise, depois critique. Bem pelo menos é esse o parâmetro que sigo antes de sair criticando alguma coisa. Atualmente vivemos em uma época em que as pessoas falam coisas sem saber o porque e nem sequer pensam antes de falar, e não precisa nem eu citar que o maior erro das pessoas é querer criticar sem conhecer, isso é fato, veja isso bem no twitter, por exemplo.
Bem meus caros eu até certo tempo participava de algum movimento contra certos grupos pelo twitter mas aí parei quando percebi que nada do que eu estava falando estava sendo útil, ou seja desperdiçando meu tempo e manchando minha honra. Criticar não é falar bem e também não é falar mal de alguma coisa, criticar está além disso.

   Critica é algo bem complexo para que se dê um conceito, mas cada um tem seu jeito de elaborar uma crítica, exemplo o meu parâmetro "Pense, Pesquise, depois critique". Crítica não é Opinião, então se quer criticar algo evite frases como "Maravilho, eu amei!..." "Não gosto disso!..." "É muito bom os gráficos desse game". Mas temos uma limitação, observe bem, Crítica se baseia em FATOS, por isso esqueça o Subjetivismo e não tente expressar seus sentimentos pois assim vai transformar crítica em opinião.

   Então?! Como fazer uma crítica?

   Primeiro, conheça o assunto, você pode até não ser um intelectual com diversas formações, mas se você investir tempo pesquisando e adquirindo conhecimento sobre o assunto você vai acabar desenvolvendo  e formando críticas sem medo de errar e se tiver auto-controle não irá demonstrar seus sentimentos no que pensou. Em seguida reveja tudo o que pensou ou escreveu e julgue a si mesmo, depois sinta-se livre para publicar sem medo da reação alheia.

Ah o essencial, crítica serve para melhorar algo é uma coisa construtiva, e não pra sair por aí falando mal das coisas. Isso é só o básico, se quiserem pesquisem mais, o meu objetivo com esse post foi clarear um pouco a mente de vocês, seria preciso eu indicar vários livros para aqueles que realmente querem aprender a fazer crítica. Até a próxima.

0 comentários:

Postar um comentário