Ligue o foda-se e seja feliz!

 E se você aprendesse um segredo para ser feliz agora mesmo, e sem fazer esforço algum? Imagino que isso te interessa, então leia esse artigo e se surpreenda com seus benefícios.

Hoje você irá conhecer a maior e mais eficaz técnica para SER FELIZ HOJE, isso mesmo... Ser feliz agora mesmo. O nome dessa fantástica técnica é: “Ligar o Foda-se”, Ligar o Foda-se significa basicamente esquecer-se das merdas que acontecem a sua volta, deixar rolar, não dar muita importância pra besteiras e não ligar para resultados e principalmente não se prender ao estresse da busca pela felicidade. 

Vamos aos principais fatos sobre esse assunto:

Primeiramente você deve entender que existem apenas duas formas de lidar com as circunstâncias da vida: Ligando o Fodeu ou ligando o Foda-se. Ligar o fodeu significa que nos sentiremos fodidos, desgostosos com a vida, frustrados e tristes e nos prendemos ao estresse sem fim, na busca pela felicidade. Ligar o foda-se é o completo oposto, pois ao ligar o foda-se você se liberta e percebe que tudo que chamamos de problemas, na verdade, são apenas apenas as circunstâncias da vida, são oportunidades de praticarmos nossa responsabilidade. Pra criar uma imagem, podemos pensar nos problemas como sendo a porta da felicidade. Nesta porta tem uma chave chamada livre-arbítrio. Se giramos a chave pro lado do fodeu, a porta se tranca e ficamos presos no estresse, nos sentindo vítimas das circunstâncias. Se giramos a chave pro lado do foda-se, a porta se abre e somos livres pra entrar na felicidade, apesar das circunstâncias.

Quer alguns exemplos?

• James Bond
É um personagem ok, mas vamos analisar seu comportamento por alguns instantes. Diga se você já viu alguma vez James Bond ficar nervoso? Com medo? Ou alterando-se de forma que o deixasse com imagem de inseguro? Claro que não! Ele está sempre em calmaria suprema, pois está com o foda-se ligado no máximo, 100% no controle da sua vida.

• Hank Moody (Serie Californication)
Para aqueles que não conhecem, Hank Moody é o personagem principal da serie Californication. Hank, é um dos mais ou o mais tranqüilo personagem de series, é divertido e não fica se lastimando por problemas ou quaisquer outras besteiras e não dá a mínima pras criticas que todos fazem contra ele (Foda-se ligado no modo máximo.)

O que buscamos alcançar?
Nossas respostas podem ser diferentes em superfície, mas em essência são a mesma coisa: Felicidade! Quem busca dinheiro, por exemplo, busca pra quê? Pra comer o dinheiro? Quem busca um cargo importante, busca pra quê? Pra comer um cargo? Quem busca casamento, família, busca pra quê? Pra comer um casamento? Quem busca sobrevivência, busca pra quê? Pra comer sobrevivência? Seja qual for nossa busca, o objeto por trás do objetivo é sempre o mesmo: A felicidade. A grande ironia desta busca é que ela (em si) é o combustível do nosso sofrimento. Isto mesmo! Queremos ser felizes, mas a própria busca pela felicidade é o que alimenta nosso estresse. Paradoxal? Sim, é mesmo! Mas talvez isso explique porque quanto mais nos esforçamos pra sermos felicidade, mais nos estressamos. É que buscamos uma felicidade utópica, sem problemas, sem contras, sem desprazeres, sem insatisfações, sem decepção alguma, igual ao útero de onde viemos. Tarde demais! A vida fora do útero é uma grande seqüência de problemas, decepções e insatisfações, então, a única coisa que conseguimos buscando no presente um ideal utópico, é criar estresse e empurrar nossa felicidade de viver o presente pra amanhã. E se não bastasse o estresse de ficar correndo atrás desse ideal utópico, também vivemos o estresse de tentar fugir do inevitável, fugir da nossa realidade, os problemas, os contras, os desprazeres, as insatisfações. Sendo assim, a não ser que encontremos um jeito de voltar ao útero, o jeito é encontrarmos outra forma de vivermos a felicidade sem nos prender-mos a estressante busca pela felicidade. E este outro jeito, por mais incrível que possa parecer, é a rendição. É desistir da busca pela felicidade. É ligar o foda-se!


Pra deixar uma longa história curta, foda-se a verdade, o caminho e a vida!
Foda-se é a verdade, o caminho e a vida. A busca pela felicidade é apenas uma bosta pintada de ouro. Esqueçamos a busca e vamos direto à verdade: não precisamos buscar nada pra vivermos a felicidade, pois felicidade é simples questão de escolha. E cada vez que escolhemos o fodeu nos prendemos ao estresse de “buscar a felicidade”. E essa é a verdade!

O que pode o universo contra alguém que liga o foda-se? O que podem os deuses, os orixás, a dengue, o governo, as leis da física e os franguinhos de macumba contra uma mente que é consciente do seu poder de escolha? A resposta é simples: Porrissíssima nenhuma! As pessoas religiosas sempre dizem que sangue de Cristo tem poder. Quem foi Jesus? Nada mais, nada menos que o maior homem do mundo, e que veio ao mundo nos ensinar a ligar o foda-se no modo supremo... Note o que Jesus disse: "Se alguém lhe bater na face direita, oferece-lhe também a outra". Como pode alguém oferecer a outra face sem ligar o foda-se no modo Maximo? Impossível. Noventa e nove por cento e o fodeu já reage imediatamente. Botão de foda-se desligado é fodeu no controle da nossa felicidade.

O fodeu não aceita perder nunca, é olho por olho — me bateu, vou te encher de porrada. Daí
começa a luta pelo poder. E se caímos neste jogo, sem perceber, perdemos a felicidade por buscá-la.

A felicidade é uma simples questão de escolha.
Mas é claro que o fodeu não dá moleza. O fodeu nunca explica pra gente que basta ligar o foda-se pra nos libertarmos do estresse da busca. O fodeu nos diz que felicidade leva tempo, que é complexa, que necessita de muito estudo, preparo, condições etc. O fodeu faz isso na tentativa de manter nosso dedo longe do botão do foda-se. Mas tentação não é escolha. Então, o fodeu é impotente. Existe uma fábula que ilustra muito bem isto. Você pode ler uma adaptação logo abaixo:

O discípulo vai procurar o mestre e pergunta: “Mestre, às vezes me sinto feliz, em paz comigo e com o mundo, outras vezes sofro muito. Como pode ser isto?”

O mestre responde: “Dentro de você existem dois cães, um que se chama fodeu e o outro, foda-se. Estes dois cães estão constantemente brigando dentro de você”.

O discípulo pergunta: “E qual cão vence a briga?”

O mestre responde: “Aquele que você alimenta.”


“Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.”
- Carlos Drummond de Andrade

“Seja feliz do jeito que você é, não mude sua rotina pelo o que os outros exigem de você simplesmente viva de acordo com o seu modo de viver.”
-Bob Marley

“Se queres ser feliz amanhã, seja hoje mesmo.”
-Liang Tzu


-Esse artigo foi desenvolvido com base nos mais variados textos e autores que trabalham a técnica do foda-se, caso deseje saber mais sobre o assunto, basta pesquisar no Google.


Gostou? Então deixe seu comentário!



0 comentários:

Postar um comentário