Como morreram os piores ditadores do mundo?

Alguns ditadores morrem de velhice, doenças naturais e alguns têm mortes sangrentas. Confira nesse artigo como foram as mortes dos maiores ditadores do mundo.


1. Joseph Stalin, Rússia (1878-1953): derrame;

2. Benito Mussolini, Itália (1883-1945): executado por comunistas, teve seu corpo pendurado de cabeça para baixo para exibição pública e confirmação de sua morte;

3. Adolf Hitler, Alemanha (1889-1945): suicídio;

4. Francisco Franco, Espanha (1892-1975): declínio de saúde e mal de Parkinson;

5. Mao Zedong, China (1893-1976): declínio de saúde e possível esclerose lateral amiotrófica (doença de Lou Gehrig);

6. Francois “Papa Doc” Duvalier, Haiti (1907-1971): diabetes e doenças cardíacas;

7. Kim Il-Sung, Coreia do Norte (1912-1994): ataque cardíaco;

8. Augusto Pinochet, Chile (1915-2006): insuficiência cardíaca e edema pulmonar;

9. Nicolae Ceausescu, Romênia (1918-1989): executado por um pelotão de fuzilamento;

10. Idi Amin, Uganda (1925-2003): falência múltipla de órgãos;

11. Saddam Hussein, Iraque (1937-2006): considerado culpado de crimes contra a humanidade, foi enforcado;

12. Moammar Gaddhafi, Líbia (1942-2011): capturado, espancado e morto por rebeldes;


13. Kim Jong-Il, Coreia do Norte (1941 ou 1942-2011): ataque cardíaco.




Deixe seu comentário!


0 comentários:

Postar um comentário