A diferença entre amor e paixão

 Muitas vezes paramos para refletir sobre um relacionamento, se o que estamos sentindo é paixão ou realmente amor. Pois, muitas pessoas dizem que esses sentimentos são totalmente diferentes, outras já preferem afirmar que eles se completam, e há ainda aquelas que acham que um é o resultado do outro.


Vamos descobrir a diferença entre esses dois sentimentos tão intensos e maravilhosos.

Paixão é euforia, amor é calmaria. Paixão é rápida, amor é duradouro. Paixão é súbita, amor é progressivo. Paixão é agressiva, amor é delicado. Paixão é vendaval, amor é brisa. Paixão destrói, amor constrói. Paixão vinga, amor perdoa. Paixão é doença, amor é saúde. Paixão é dor, amor é alívio. Paixão é dúvida, amor é certeza. Paixão é loucura, amor é cura. O amor faz a gente querer ser mais, querer aprender mais para poder trocar com quem amamos novas lições de vida. O amor ajuda a superar dificuldades enquanto que a paixão cria obstáculos. A paixão é totalmente egocêntrica, passional, escandalosa. O amor é cuidadoso, atencioso e cúmplice. Ele nos faz acreditar que a felicidade não está nas mãos de outra pessoa e sim em nossas mãos. Que só podemos ser felizes com alguém se conseguirmos ser felizes com nós mesmos.

O amor é aceitar que o outro tem defeitos, que somos diferentes, mas que podemos conviver com estas diferenças, pois o que atrai duas pessoas é exatamente o que um tem e o outro não. Há quem acredite que é necessário viver cegamente uma paixão já que as pessoas hoje em dia não se permitem mais sofrer. Mas quem disse que quem ama não sofre, não chora, não erra, não sente ciúmes e não se decepciona às vezes.

Apesar de a paixão ter mais contras do que prós em relação ao amor ainda acham que não há vida sem paixão. Portanto o melhor seria viver a vida apaixonadamente para que possamos ter um amor de verdade.



0 comentários:

Postar um comentário