Quais são as comidas mais bizarras do mundo?

Se tiver estômago fraco, é melhor pegar um anti-ácido antes de conhecer as coisas mais estranhas que se come pelo mundo afora.

Você nem imagina o que as pessoas andam comendo pelo mundo afora.  Conheça abaixo as comidas mais estranhas e bizarras do mundo:

1• Sopa de cachorro - Coréia do Sul
Hoje em dia já não é tão comum encontrar sopa de cachorro na Coréia. É preciso encontrar o lugar certo, que prepara direitinho porque, se bem feita, ela garantiria uma eterna vida saudável, dizem os coreanos. Um prato costuma sair barato, cerca de US$ 10. E a carne é bem macia...

Cérebro de macaco - África
Pensou naquele jantar montado para Indiana Jones no qual o arqueólogo foi brindado por sopa de olho, cobra recheada e o já mencionado cérebro de macaco? Pois não é só coisa de filme. Algumas tribos do continente africano ainda consomem a iguaria (que, além de estranha, ganha o troféu anti-direitos dos animais).

Escorpião frito - Cingapura
Se a sua preocupação em comer esse espetinho é o veneno do artrópode, pode ficar tranquilo: a parte do rabo que contém a substância é retirada, depois ele é cozido e só então frito, o que elimina o risco. O povo do leste da Ásia aprova como um ótimo petisco.

Caçarola de morcego - Vietnã
O tipo de morcego usado neste prato é o frugívoro, não aquele que bebe sangue. Isso anima? Bom, eles são escolhidos por conta da dieta saudável que levam. Com baixo teor de gordura, sua carne é colocada para assar com batatas e outros legumes. Alguns dizem que a carne de morcego também fica ótima em sopas e até como recheio de lasanha.

Cágado guisado - Nordeste brasileiro
Mesmo que o gosto seja muito bom e quem come esse cozido de cágado diz que é o aspecto geral do prato já consegue espantar fregueses. O processo de abatimento do animal, primo da tartaruga, é bárbaro, e depois que todos os membros do bicho são colocados para cozinhar com temperos, tudo ganha uma fantástica cor de lodo.

Caranguejeira Frita - América do Sul, Sul da África, Austrália
É preciso muita coragem para mandar esse bichão peludo para dentro, certo? Mas no caso da caranguejeira ou tarântula, as aparências enganam. Apesar de pavorosa, a espécie não é venenosa - e é a mais consumida no mundo por ser maior que as outras aranhas. A parte mais cobiçada é o abdômen do aracnídeo. É lá que fica a maior parte da carne - na cabeça estão as vísceras e no restante do corpo não há muito mais o que comer.
Curiosidade:  Os maiores consumidores de caranguejeira são os índios na América do Sul e os aborígenes na Austrália.

Cabeça de ovelha - Islândia
É um prato principal muito comum em jantares islandeses. O cérebro é cozido ainda dentro da caixa craniana e devorado pelos locais  se bem que, eles juram, a melhor parte é o olho da bichinha. Vale lembrar ainda que, ao final do jantar a mandíbula do animal é dada para as crianças brincarem.


Gostou? Então deixe seu comentário!


0 comentários:

Postar um comentário