"Kit gay" é exagero do MEC

Há alguns dias atrás,o Supremo Tribunal Federal legalizou a união homossexual.Foi um ato histórico,que deu direito a milhares de homossexuais brasileiros terem suas uniões reconhecidas.Mas agora,o MEC inventou algo que foi apelidado de "kit gay".E exagerou na dose.
O MEC errou no seguinte aspecto:uma coisa é você educar as crianças,mostrando a elas que os homossexuais não são estranhos e nem monstros:são apenas diferentes.Mas então,o governo vem e mostra videos de pessoas do mesmo sexo se beijando para crianças e jovens.Isso já foi um exagero.O governo não soube fazer o material e além disso,deu bastante munição aos conservadores de plantão.Uma coisa é você propagar a tolerância,outra coisa é você "pregar" a opção de uma minoria.De quebra,vários conservadores disseram que a "família brasileira não precisa se sujeitar a isso".De fato.

Mas também do modo como os dinossauros falam,ainda parece que o homossexualismo é crime(bem que eles queriam isso,não é Bolsonaro?).Mas eles não se preocupam quando suas crianças ouvem na escola historinhas do tipo Adão e Eva,como se fossem fatos históricos(essa fábula é da Idade do Bronze!Cobras que falam?Mulheres que surgem de costelas?Alma humana que surge do nariz de uma divindade?Por favor...).

Tanto uns quanto outros estão errados.E o governo perdeu uma grande chance de espalhar a tolerância aos gays.Talvez tenha feito até o contrário.Agora vamos ver como isso vai se desenrolar durante os próximos dias;se o MEC vai ajeitar a besteira que fez,amenizando os vídeos ou simplesmente tirar das escolas o chamado "kit gay".





Visite o blog Juventude Informada!
http://juventudeinformada.blogspot.com/

0 comentários:

Postar um comentário