Inclinar o rosto torna você mais atraente?

Segundo uma nova pesquisa, homens e mulheres podem tornar-se mais atraentes para o sexo oposto mudando o ângulo de seu rosto.



Os pesquisadores afirmam que a atratividade facial dos seres humanos, a partir de uma perspectiva evolucionária, tem sido extensivamente estudada. Mas, embora a influência de características femininas e masculinas seja relativamente bem conhecida, há uma lacuna no conhecimento sobre o que é considerado masculino e feminino nas características faciais.


Por isso, eles pesquisaram se olhar para um rosto a partir de perspectivas diferentes, como resultado das diferenças de altura entre homens e mulheres, influenciava a percepção da masculinidade ou feminilidade. A pesquisa descobriu que a maneira que nós angulamos nossos rostos afeta nossa capacidade de atração ao sexo oposto.

A pesquisa utilizou modelos de rostos masculinos e femininos tridimensionais, gerados por computador. Eles se inclinavam para cima e para baixo em cinco posições diferentes. Os participantes avaliaram cada rosto para a atração e para masculinidade e feminilidade.

Os resultados mostram que as mulheres são mais atraentes se dispõe sua cabeça em um ângulo para a frente, tendo assim que olhar ligeiramente para cima. Em contraste, os homens tornam-se mais masculinos se inclinam a cabeça um pouco para trás e olham ligeiramente para baixo.

Os pesquisadores acreditam que isso se deve a diferenças habituais de altura entre homens e mulheres. Ao inclinar a cabeça para trás, um homem imita o ângulo com que uma mulher mais baixa iria vê-lo. Quando uma mulher inclina sua cabeça para frente, recria a maneira como um homem mais alto iria vê-la.

Segundo os pesquisadores, de uma perspectiva científica, esses resultados contribuem enormemente para a compreensão do papel da atratividade facial na evolução. Por outro lado, as descobertas também oferecem algumas pistas para ajudar a desvendar os mistérios de rituais modernos para encontrar um parceiro.

Por exemplo, outras pesquisas estão previstas para verificar se as pessoas conscientemente inclinam seus rostos quando flertam. Ou seja, o próximo passo é determinar se as pessoas usam esse efeito em cenários do mundo real ou não. [Via]

0 comentários:

Postar um comentário