8 curiosidades sobre sexo

Selecionamos, abaixo, alguns dados curiosos sobre sexo que podem surpreender você ou no mínimo servir de papo de cabeceira na sua próxima noitada.


1. Os humanos não são os únicos animais que fazem sexo por prazer. Golfinhos e bonobos (uma espécie de chimpanzé) também já foram observados em atos sexuais fora de seu ciclo reprodutivo. Para os bonobos, diz Franz de Wall, primatologista holandês, o sexo tem grande impacto sobre as relações sociais dentro do bando. Esses animais também são vistos como os mais dóceis entre os primatas, depois dos seres humanos (dependendo do dia, até mais dóceis que nós).

2. Uma típica relação sexual, considerada satisfatória para ambos os parceiros, dura de 3 a 7 minutos. Uma relação “bastante adequada” varia entre 7 e 13 minutos e a partir disso ela é considerada “longa demais”. Esse foi o resultado de uma pesquisa feita com 1.500 casais e publicada no periódico Journal of Sexual Medicine por Eric Corty, pesquisador da Universidade Estadual da Pensilvânia, EUA.
3. Os remédios para impotência sexual (que atinge de 10% a 12% dos homens em todo o mundo) podem ter acabado com o fantasma desse problema. Em compensação, a incidência de ejaculação precoce vem aumentando ano a ano nos EUA. A Associação Americana de Urologia (AUA) estima que 21% dos homens sofram desse problema atualmente.

4. Orgasmos podem ser mais intensos em ambientes mais quentes. Isso porque os vasos se dilatam mais, os órgãos sexuais ficam mais sensíveis e a sensação de prazer é mais intensa do que aquela experimentada em climas mais frios.

5. Mulheres que chegam ao orgasmo durante o sexo são mais propensas a engravidarem. Os espasmos gerados pelo orgasmo nos músculos pélvicos contribuem para que o esperma seja mais bem conduzido até o útero.

6. Homossexualidade não é exclusiva dos humanos, diz Bruce Bagemihl, pesquisador canadense. Diversas espécies animais (incluindo pássaros, bisões e abelhas) com comportamentos similares já foram observadas no mundo todo. Aliás, certos tipos de morcegos (na maioria machos) têm o maior índice de relações homossexuais entre os mamíferos.

7. Uma estimativa de um estudo americano diz que 1 em cada 17 pessoas fará sexo nas próximas 24 horas. Em média, isso indicaria que 4 mil pessoas estarão fazendo sexo em um algum momento do dia. Mas é somente uma hipótese probabilística, pois é um dado impossível de se determinar.

8. Um estudo publicado no periódico British Medical Journal aponta que 67% dos homens com idades entre 65 e 74 anos são sexualmente ativos. Nessa mesma faixa etária, 40% das mulheres também afirmaram ainda fazerem sexo. Como comparação, um estudo do Kinsey Institute, nos EUA, aponta que 90% dos homens e 86% das mulheres entre 18 e 49 anos se consideram sexualmente ativos (fizeram sexo ao menos uma vez no ano anterior à pesquisa).





0 comentários:

Postar um comentário