Os 10 Artistas Nacionais Que Mais Venderam Discos

Essa lista é um pouco polêmica pois os dados nem sempre são confiáveis, embora eu tenha procurado em diversos locais. A desconfiança está centrada no fato de não ter ocorrido uma contagem segura desde o começo de lançamentos de discos no Brasil. Outro fator é a presença da pirataria que surgiu por volta de 1999 e, até hoje, é a maior dor de cabeça para as gravadoras.
Contudo, aí está a lista que eu criei:

1º  Roberto Carlos (+ de 100 milhões) - Apesar de não ser surpresa pra ninguém o "Rei da Música" tem mais de 50 anos de carreira e uma lista interminável de sucessos e se consagra como um dos maiores cantores da América Latina. Porém, muitos acham suspeito ele ter vendido tantos discos mas seu nome não estar na lista dos discos mais vendidos. Dizem ser um golpe de marketing, mas o título é dele por unanimidade. Alguns dizem que vendeu mais 120 milhões de discos.

2º Nelson Gonçalves (+ 78 milhões) - Outro rei (do Boêmio) que sempre aparece nas listas dos cantores que mais venderam discos do Brasil. Muitos podem até não conhecer alguma música dele (seu auge foi nas décadas de 40,50 e 60) mas sua voz brilhou na época de ouro do rádio aqui no Brasil. Gravou mais de 2000 mil músicas, 128 álbuns, 138 discos em 78 rpm. Também ganhou um prêmio que foi dado para quem passou mais tempo em uma gravadora, sendo que outro que ganhou o título foi Elvis Presley.

3º Tonico e Tinoco (entre 50 e 150 milhões) - Essa foi uma das grandes surpresas da lista. Alguns não contam, mas a dupla sertaneja mais importante da história fica na 3ª colocação. Muitos dizem que a dupla não passa dos 50 milhões, outros já dizem que supera até mesmo a vendagem do Rei Roberto Carlos com uma incrível marca de 150 milhões. Em algumas listas eles nem aparecem porém, como tem muita opnião nessas listas, por conta do preconceito, eu dou medalha de bronze a dupla que teve mais de 60 anos de carreira.

4º Rita Lee (+ de 55 milhões) - A "Rainha do Rock" é um dos grandes representantes do gênero no Brasil de todos os tempos. Apesar de muitos não confirmarem a vendagem de discos da cantora, ela teve um papel importante na história da música brasileira. Seu sucesso se estende até mesmo fora do Brasil aparecendo em revistas de grande destaque como Billiboard. Por esses e tantos outros motivos, a roqueira entra no top 5 da lista.

5º Xuxa (entre 30 e 40 milhões) - Outra rainha (a dos baixinhos) entra no top 5 com um estilo bem inusitado, a música infantil. Muita gente pode não gostar do estilo musical ou achar que ela não sabe cantar, mas é inegável seu sucesso com o público infantil. Um de seus discos é considerado o 2º disco mais vendido do país.

6º Chitãozinho e Xororó (entre 30 e 35 milhões) - A dupla fez história e saiu do Paraná e ganhou o Brasil. Seu estilo romântico inspirou duplas como Zezé di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, entre outros.

7º Raça Negra ( + de 30 milhões) - O grupo que foi um dos pioneiros do estilo pagode-romântico, tem mais de 25 anos de estrada e é influenciador de vários grupos que existem hoje.

8º Leonardo/Leandro e Leonardo (entre 23 e 35 milhões) - A imprecisão está no fato de que até 1998, quando ainda fazia dupla com seu irmão que morreu nesse ano, a vendagem de discos fica entre 20 e 25 milhões e como cantor solo entre 10 e 12 milhões de discos vendidos. Também é importante ressaltar que 2 dos 10 discos mais vendidos do país pertecem a dupla.

9º Maria Bethânia (+ de 26 milhões) - A diva da MPB também é a única de seu estilo a está no top 10. Com uma voz inconfundível, a irmã de Caetano Veloso toca até nas rádios portuguesas.

10º Teixeirinha (+ de 25 milhões) - Não é tão considerado assim esse número, mas o ícone da música gaúcha merece destaque por suas conquistas. E assim, eu encerro o Top 10 de hoje.

0 comentários:

Postar um comentário