Desconhecidos sabem mais como nos fazer felizes do que nós mesmos

Quer saber o que te faria feliz? Então pergunte a um completo desconhecido. De acordo com um novo estudo da Universidade de Harvard, pessoas que nunca vimos antes poderiam entender mais sobre nossa felicidade do que nós mesmos.


O estudo foi realizado pelo professor de psicologia Daniel Gilbert. Ele declara que, se você quer saber se gostará de passar por alguma experiência (correr uma maratona, por exemplo), é mais fácil descobrir através da experiência alheia (ouvir o relato de alguém que já correu uma maratona), do que imaginar a situação.

“É mais proveitoso ouvirmos alguém falando sobre uma situação do que fecharmos os olhos e imaginarmos por nós mesmos” afirma Gilbert.

Estudos anteriores sobre psicologia, economia comportamental e neurociência, mostraram que as pessoas têm dificuldade em “prever” se algo as agradará, o que causa uma série de decisões que, muitas vezes, são infelizes. E intervenções que planejavam melhorar a forma com que a imaginação das pessoas funcionava falharam.

Então, ao invés de tentar controlar a imaginação das pessoas, Gilbert e seus colegas resolveram tirar essa variável da equação. Pediram que as pessoas tentassem prever o quanto um desconhecido (apresentado apenas na hora do teste) gostaria de uma experiência pela qual nenhum dos dois havia passado antes. O nível de acertos foi acima do esperado.

“As pessoas não percebem a enorme fonte de informação que a experiência alheia pode ser” diz Gilbert. “Achamos, de forma errônea, que somos muito diferentes dos outros. As pessoas acham que a única forma de saberem se serão felizes no futuro é a previsão dele. Mas, na verdade, a melhor forma é perguntar para alguém que já esteve no seu futuro, alguém que já passou pelas mesmas experiências” conclui o psicólogo.

Fonte: [Science Daily] - http://www.sciencedaily.com/releases/2009/03/090319142352.htm

0 comentários:

Postar um comentário